Redação PUC-RS 2013 Inverno

REDAÇÃO

A seguir, são apresentados três temas. Examine-os atentamente, escolha um deles e elabore um texto dissertativo com 25 a 30 linhas, no qual você exporá suas ideias a respeito do assunto.
Ao realizar sua tarefa, tenha presentes os seguintes aspectos:

  • Você deverá escrever uma dissertação; portanto, mesmo que seu texto possa conter pequenas passagens narrativas ou descritivas, nele deverão predominar suas opiniões sobre o assunto que escolheu.
  • Evite fórmulas preestabelecidas ao elaborar seu texto. O mais importante é que ele apresente ideias organizadas, apoiadas por argumentos consistentes, e esteja de acordo com a norma culta escrita.
  • Procure ser original. Não utilize em sua dissertação cópias de textos da prova nem de parágrafos que introduzem os temas para a redação.
  • Antes de passar a limpo, à tinta, na folha definitiva, releia seu texto com atenção e faça os reparos que julgar necessários.
  • Não é permitido usar corretor líquido. Se cometer algum engano ao passar a limpo, não se preocupe: risque a expressão equivocada e reescreva, deixando claro o que pretende comunicar.
  • Lembre-se de que não serão considerados:
    • textos que não desenvolverem um dos temas propostos;
    • textos redigidos a lápis ou ilegíveis.

Boa prova!

                                  TEXTO 1
                        O jeitinho brasileiro
 Não há sistema que impeça a aplicação da “Lei de
                                   Gérson”.

01
02
03
04
05

06
07
08
09
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37



A propaganda de cigarros com o jogador Gérson,
nos anos 70, cultuava a mentalidade de tirar vantagem
em tudo. A filosofia mais vívida no povo brasileiro,
eternizada em sambas de Bezerra da Silva, é a de
que malandro é malandro, mané é mané.

A cultura de passar os outros para trás é uma característica
tão marcante dos brasileiros que deixou as
carpetas de jogos e transferiu-se para a prática quase
diária, tornando-se mundialmente famosa. O jeitinho
brasileiro é um selo de marca registrada, tornou-se
uma forma de fazer as coisas da maneira mais fácil,
menos trabalhosa e que, às vezes, traz algum retorno.

O problema é que o jeitinho se transferiu para o
âmbito jurídico e fez do Brasil o país das leis que não
são cumpridas. Até mesmo a Constituição aplaude a
malandragem. O cidadão não é obrigado a produzir
provas contra si mesmo. O maior exemplo é a Lei
Seca, elaborada para acabar com o estratosférico
número de mortes no trânsito, causado, comprovadamente,
por embriaguez ao volante. Foi preciso chegar
ao rigor zero para que a lei seja cumprida, mas, ainda
assim, a Procuradoria-Geral da União contesta no
Supremo Tribunal, alegando que é inconstitucional.

Há quem considere, no entanto, que o jeitinho
brasileiro nem sempre é uma coisa “ruim”. Há alguns
anos, era muito comum a comercialização das fichas
de passagens do transporte coletivo. As transações
nas paradas de ônibus viraram uma prática quase
profissional, o que garantia renda para alguns ambulantes.
Os que negociavam vale-transporte dessa forma
viam, na venda, uma alternativa para fomentar os
salários, que até hoje estão aquém das necessidades
da população. A implantação de um sistema de cartão
de crédito com passagens não evitou o comércio por
muito tempo, e a prática está novamente na rua. O
jeitinho brasileiro é isto: procurar uma falha no sistema
e usá-la a seu favor.
http://www.jornalminuano.com.br/noticia.php?
id=85504&data=15/03/2013&ok=1
Editorial acessado em 17 de março de 2013 (adaptado)


                                  TEXTO 2
   Urbanistas da Índia querem importar “jeitinho
          brasileiro” para favelas de Mumbai


Urbanistas ficaram empolgados com coisas que viram em Paraisópolis.

01
02
03
04

05
06
07
08
09
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19

20
21
22
23


Um grupo de arquitetos da Índia quer levar algumas
lições aprendidas nas favelas brasileiras para
Mumbai para melhorar as condições de moradia
em regiões pobres da cidade indiana.


Arquitetos e urbanistas do Institute of Urbanology –
uma fundação dedicada à pesquisa e difusão de ideias
de urbanismo, com sede em Mumbai – acreditam
que várias iniciativas do governo indiano de reconstruir
conjuntos habitacionais acabaram produzindo
apenas corrupção, prédios decrépitos e vizinhanças
miseráveis. Em alguns casos, as condições de vida
dos moradores nos novos blocos até mesmo pioraram
quando eles trocaram seus casebres nas favelas por
esses novos apartamentos.

Os arquitetos indianos visitaram a favela de Paraisópolis,
em São Paulo, e ficaram empolgados com o
que viram. Em vez de destruir casebres e construir
conjuntos habitacionais novos, a maioria dos moradores
da favela deu um “jeitinho” na sua própria casa.

Segundo os profissionais do Institute of Urbanology,
isso é muito mais eficaz para melhorar as condições
de moradia do que simplesmente destruir favelas
inteiras.
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/04/
120403_favelas_mumbai_sp_dg.shtml

 

TEMA 1


A expressão “jeitinho” é utilizada para designar um modo de agir do brasileiro, não baseado em regras estabelecidas, diante de situações inesperadas, difíceis ou complexas.

http://.wikipedia.org/wiki/Jeitinho

 

Você considera o jeitinho brasileiro um comportamento antiético ou uma forma criativa de solucionar problemas?


Se você escolher esse tema, considere a questão proposta para expressar seu ponto de vista. Para melhor fundamentá-lo, você pode apresentar exemplos, fatos de sua experiência e outros dados da realidade.

TEMA 2


O direito à habitação, como ressaltam vários instrumentos internacionais, não se restringe apenas à presença de um abrigo, ou um teto, mas engloba uma concepção mais ampla. Este direito se estende a todos e, assim, toda a sociedade e cada um de seus membros têm de ter acesso a uma habitação provida de infraestrutura básica e outras facilidades.

http://www.dhnet.org.br/direitos/sos/moradia/trabalhohabitacaopronto.html

 

Que medida(s) poderia(m) ser adotada(s) pela população e/ou pelo governo para melhorar as condições de moradia dos brasileiros?


Caso você se decida por esse tema, analise a questão e defenda uma ou duas medidas, justificando sua proposta e apresentando argumentos coerentes e consistentes para sustentá-la.

TEMA 3


Foram aprovadas alterações na Lei 11.705, conhecida como Lei Seca. A tolerância para a combinação bebida alcoólica e volante passa a ser zero, e as possibilidades de prova de etilismo dos motoristas também foram ampliadas.

http://semexcesso.com.br/mudancas-lei-seca/

 

Tornar a Lei Seca mais rigorosa será suficiente para reduzir a violência no trânsito?


Ao optar por esse tema, opine sobre a questão, discutindo a eficácia da Lei para tornar o trânsito mais seguro. Procure apoiar seu ponto de vista em evidências e dados concretos.

O Educabras prepara você para o Vestibular e o Enem. Entre na faculdade de sua escolha e siga a carreira de seus sonhos!
Conteúdo e recursos para otimizar seu tempo de estudo e maximizar sua nota no Vestibular e no Enem.

Mais informaçõesimage
image

Agilize e facilite seu trabalho!
- Conteúdo didático para elaborar aulas e usar em classe.
- Banco de dados com milhares de questões por matéria.
- Elabore provas em alguns minutos! Opção de imprimir ou baixar provas e salvá-las em seu cadastro para usá-las no futuro.

Mais informaçõesimage
image

ESTUDO PERSONALIZADO

Programa de Estudo Personalizado com foco nos vestibulares que você prestará:
- Otimize o tempo de estudo: concentre-se nos assuntos relevantes para os vestibulares de sua escolha.
- Opção de incluir o Enem em seu Programa de Estudo Personalizado.
- Conteúdo e Ferramentas: Aulas, resumos, simulados e provas de Vestibulares e do Enem.
* Confira se os vestibulares de sua escolha fazem parte do Programa de Estudo Personalizado

Mais informaçõesimage

Colégios

O Educabras ajuda o colégio a melhorar o desempenho acadêmico dos alunos no Enem e no Vestibular e aumentar o índice de aprovação nas mais conceituadas faculdades do Brasil.
Pacotes de assinaturas: contrate assinaturas a um valor menor para seus professores e alunos.

Mais informaçõesimage