Redação sobre o Preconceito Linguístico

Redação sobre o Preconceito Linguístico

Redação Puc-RS 2012 

A seguir, é apresentado um tema. Elabore um texto dissertativo com 25 a 30 linhas, no qual você exporá suas ideias a respeito do assunto.

Ao realizar sua tarefa, tenha presentes os seguintes aspectos:

  • Você deverá escrever uma dissertação; portanto, mesmo que seu texto possa conter pequenas passagens narrativas ou descritivas, nele deverão predominar suas opiniões sobre o assunto que escolheu.
  • Evite fórmulas preestabelecidas ao elaborar seu texto. O mais importante é que ele apresente ideias organizadas, apoiadas por argumentos consistentes, e esteja de acordo com a norma culta escrita.
  • Procure ser original. Não utilize em sua dissertação cópias de textos da prova nem de parágrafos que introduzem os temas para a redação.
  • Antes de passar a limpo, à tinta, na folha definitiva, releia seu texto com atenção e faça os reparos que julgar necessários.
  • Não é permitido usar corretor líquido. Se cometer algum engano ao passar a limpo, não se preocupe: risque a expressão equivocada e reescreva, deixando claro o que pretende comunicar.
  • Lembre-se de que não serão considerados:
    •  textos que não desenvolverem um dos temas propostos;
    •  textos redigidos a lápis ou ilegíveis.

Boa prova!

                                  TEXTO

01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39

      Não tive acesso ao conteúdo do livro “Por uma
vida melhor”, apenas a pequenos trechos. Portanto,
falo com base em informações e opiniões de terceiros.
Nessa perspectiva, vejo como positivo o debate que
a abordagem pouco ortodoxa dos autores desencadeou,
pondo fogo a um tema em geral tido como
irrelevante: a língua materna em uso. Entretanto,
um trecho da obra me preocupou, e destaco: “Posso
falar ‘os livro’?” “Claro que pode, mas dependendo
da situação, a pessoa pode ser vítima de preconceito
linguístico”
.
      Para começar, pedir licença para falar de um determinado
jeito é um tiro no pé da tese defendida em
“Por uma vida melhor”. Porque pedir licença, neste
contexto, é reconhecer o poder do outro sobre nós –
o que parece ser exatamente o contrário do que os
autores pregam. Além disso, a resposta “Claro que
pode” é inócua: o aluno tanto sabe que pode que usa
essa concordância rotineiramente.
      O problema maior, bem mais sutil e muito mais
complicado, porém, está na segunda parte da fala.
Agir livre de preconceito, o oposto de fazer alguém
“vítima de preconceito”, implica não só aceitar as
pessoas como são, mas também acreditar que todos
sejam capazes de evoluir por méritos próprios. Ao
afirmar que a modalidade “permitida” pode vitimizar
quem a utiliza – pela ação do “outro ameaçador” –, os
autores estão deslocando o foco da importância
de construir conhecimento de modo autônomo
e reflexivo e enfatizando o julgamento alheio,
novamente reforçando o preconceito. Ora, aula de língua
materna é aula de cidadania, e ninguém se torna
cidadão por receio do “outro ameaçador”. O aluno deve
ter oportunidade de conhecer e desenvolver múltiplas
linguagens porque assim ele poderá expressar ideias
e sentimentos com mais autonomia. E, talvez, com
menos preconceito.
      Tudo isso pode parecer muito sutil, mas a linguagem
é feita de sutilezas, para o bem ou para o mal.
Marisa M. Smith. PUCRS, Notícias FALE, junho, 2011.

TEMA 

O aluno deve ter oportunidade de conhecer e desenvolver múltiplas linguagens porque assim ele poderá expressar ideias e sentimentos com mais autonomia.

Como instrumento de comunicação, a língua materna pode apresentar muitas variações, dependendo da situação e dos falantes. O padrão culto da língua é uma dessas variantes, e usá-lo com familiaridade e adequação em situações formais pode trazer benefícios.

Se você quiser abordar este tema, disserte sobre a importância de conhecer e desenvolver o padrão culto da língua, justificando seu ponto de vista por meio de argumentos e de exemplos.

O Educabras prepara você para o Vestibular e o Enem. Entre na faculdade de sua escolha e siga a carreira de seus sonhos!
Conteúdo e recursos para otimizar seu tempo de estudo e maximizar sua nota no Vestibular e no Enem.

Mais informaçõesimage
image

Agilize e facilite seu trabalho!
- Conteúdo didático para elaborar aulas e usar em classe.
- Banco de dados com milhares de questões por matéria.
- Elabore provas em alguns minutos! Opção de imprimir ou baixar provas e salvá-las em seu cadastro para usá-las no futuro.

Mais informaçõesimage
image

ESTUDO PERSONALIZADO

Programa de Estudo Personalizado com foco nos vestibulares que você prestará:
- Otimize o tempo de estudo: concentre-se nos assuntos relevantes para os vestibulares de sua escolha.
- Opção de incluir o Enem em seu Programa de Estudo Personalizado.
- Conteúdo e Ferramentas: Aulas, resumos, simulados e provas de Vestibulares e do Enem.
* Confira se os vestibulares de sua escolha fazem parte do Programa de Estudo Personalizado

Mais informaçõesimage

Colégios

O Educabras ajuda o colégio a melhorar o desempenho acadêmico dos alunos no Enem e no Vestibular e aumentar o índice de aprovação nas mais conceituadas faculdades do Brasil.
Pacotes de assinaturas: contrate assinaturas a um valor menor para seus professores e alunos.

Mais informaçõesimage