ENGENHARIA AGRÍCOLA

ENGENHARIA AGRÍCOLA

O que faz:

O setor agrícola é extremamente significativo para a economia do Brasil. O engenheiro agrícola desempenha papel fundamental nesse setor. Ele é o profissional responsável pelo planejamento e execução de sistemas de produção agrícola e de processos agroindustriais. Ele projeta e administra técnicas e equipamentos usados na lavoura e nas criações. Ele trabalha em projetos de mecanização agrícola e eletrificação rural. Ao estudar e implementar métodos de armazenagem, ele visa a inovação e ao desenvolvimento sustentável.
O engenheiro agrícola faz também a gestão dos recursos naturais e dos sistemas de irrigação e drenagem. Assim, ele ajuda a evitar a erosão do solo e a poluição dos mananciais.
O engenheiro agrícola acompanha a comercialização e distribuição de produtos derivados do agronegócio.

Carreira:

Alunos que se formam em Engenharia Agrícola encontram trabalho com relativa facilidade, pois o setor é de grande importância econômica para o Brasil e necessita de profissionais qualificados. A crescente exigência de certificações para a exportação de produtos é um dos motivos por que há tanta demanda por engenheiros agrícolas. Ao mesmo tempo, a inovação tecnológica de máquinas e processos abrem novas frentes de trabalho para profissionais desse setor.
Engenheiros agrícolas encontram trabalho em fazendas, cooperativas, usinas de biocombustível e indústrias de máquinas, entre outras. Engenheiros agrícolas podem prestar consultoria ou trabalhar em instituições de ensino e pesquisa.
De acordo com o site de empregos Catho, a média salarial nacional para engenheiros agrícolas é de R$ 4.204,38. No setor público, o salário depende de diversos fatores: cargo, localização e carga horária.

Campo de trabalho:

Construção Rural e Ambiência - É responsável pelo projeto, execução e manutenção de obras ligadas ao campo.

Energização Rural - Pesquisa, projeta e constrói sistemas de eletrificação rural. Estuda outras fontes de energia.

Engenharia de Águas e Solos – O engenheiro agrícola trabalha em projetos e construção de sistemas de irrigação, drenagem, açudes e barragens. Além de combater a erosão, pesquisa técnicas de conservação dos recursos naturais.

Mecanização Agrícola - Projeta e constrói equipamentos agrícolas. O campo de atuação é principalmente a agroindústria. O engenheiro implanta programas e sistemas de mecanização e garante assistência técnica aos agricultores.

Planejamento Agropecuário - Presta serviços na área de administração ou assistência administrativa em propriedades rurais. O profissional pode também atuar em empresas privadas, órgãos governamentais ou bancos.

Pré-processamento e Armazenagem Agrícola - É responsável por programas e projetos de processos de beneficiamento e armazenamento de produtos agrícolas.

Curso:

Algumas escolas oferecem o curso com o nome de Engenharia Agrícola e Ambiental. O curso tem duração média de cinco anos.
Nos dois primeiros anos de curso, o aluno estuda as disciplinas básicas de Engenharia: Física, Matemática, Química, Estatística e Informática. A partir do terceiro ano, os alunos estudam matérias especializadas da profissão, como Planejamento e Administração, Irrigação e Drenagem, Sistemas de Produção Animal e Vegetal e Mecanização Agrícola.
Nos últimos semestres do curso, o aluno deve fazer estágio. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é obrigatório.

Há várias ferramentas que ajudam o aluno a organizar seus estudos e manter controle sobre as aulas já estudadas.

Mais informaçõesimage
image

Conteúdo e Ferramentas: 

Mais informaçõesimage
image

Colégios

Por ser uma única assinatura, pode ser utilizada apenas por uma pessoa de cada vez. É indicada para colégios ou cursos em que uma única pessoa elabora as provas de todas as matérias. Não representa, portanto, uma opção adequada para um grupo de professores.

Mais informaçõesimage