A Unidade Europeia

A UNIDADE EUROPEIA

A partir do século XVI, início dos Tempos Modernos (período que se estende até o século XVIII), a Europa, com seus primeiros estados nacionais consolidados, foi vítima de uma longa e sangrenta sucessão de guerras. De início, os conflitos decorreram do antagonismo entre dois tipos de estrutura política: de um lado, o Império, herança da Antiguidade romana que se prolongou durante a Idade Média, quando nasceu o Sacro Império Romano-Germânico, governado pela dinastia austríaca dos Habsburgos; de outro, o estado nacional, expressão política típica do mundo moderno. Em resumo: o Império, fórmula política antiga, procurava barrar o nascimento da modernidade representada pelo Estado Nacional. Assim, a Europa, ao longo da modernidade, foi cenário do conflito entre a França, que se sentia cercada pelo "anel de ferro Habsburgo" (essa expressão vem do fato de que a família habsburgo dominava o mundo germânico e também a Espanha e os Países Baixos e Viena).

"O anel de ferro Habsburgo ao redor da França"

Pouco a pouco, com a decadência dos habsburgos, um outro conflito marcou o Velho Continente: a França e a Prússia (capital - Berlim), reino que unificaria a Alemanha em 1871, passaram a disputar a hegemonia europeia. Em menos de cem anos, as contradições entre Paris e Berlim provocaram três guerras: a franco-prussiana (1870), a Primeira Guerra Mundial (1914 - 1918) e a Segunda Guerra Mundial (1939 - 1945).

Sumário

- Os Primeiros Passos da Unidade Europeia
- Primeiras Organizações Europeias
- O Futuro da Unidade Europeia
- O Euro
i. A Crise do Euro
Assine login Questões a responder image Questões dissertativas image Questões para o Enem image