Oceania

A Oceania é uma região geográfica composta por vários grupos de ilhas do Oceano Pacífico. O termo Oceania é utilizado para designar um continente que compreende a Austrália e as ilhas do Pacífico adjacentes. A Oceania é o menor continente em área e em população, excluindo, evidentemente, a Antártica.

 

Os maiores e principais países da Oceania são a Austrália, a Nova Zelândia e a Papua-Nova Guiné.

O maior país do continente é a Austrália, considerada uma ilha-continente, pois está situado entre dois oceanos, o Pacífico e o Índico. A Austrália continental tem 7.682.300 km2 de extensão territorial, representando mais de 90% da área do continente.

A Nova Zelândia (New Zealand) é um arquipélago no qual se destacam duas grandes ilhas, a do Norte a e do Sul, que são separadas pelo estreito de Cook.

A Papua-Nova Guiné ocupa a metade oriental da ilha da Nova Guiné e uma série de ilhas e arquipélagos, a leste e a nordeste, mas sempre na Melanésia.

As milhares de ilhas da Oceania, de origem vulcânica ou coralígena, são divididas em:

- Melanésia (ilhas dos negros): região localizada no extremo oeste do Oceano Pacífico e a nordeste da Austrália. Inclui os territórios das ilhas Moluscas, Nova Guiné, ilhas Salomão, Vanuatu, Nova Caledónia e Fiji.

- Micronésia (ilhas pequenas): região do Oceano Pacífico ocidental, localizada entre as Filipinas a oeste, a Indonésia a sudoeste, a Nova Guiné e a Melanésia a sul e a Polinésia a sudeste e leste. É formada por centenas de pequenas ilhas agrupadas em vários arquipélagos e divididas por sete territórios: Ilhas Marianas: (Ilhas Marianas do Norte e o Território de Guam), Ilhas Carolinas (Estados Federados da Micronésia e a República de Palau), Ilhas Marshall, República de Nauru e República de Kiribati.

- Polinésia (muitas ilhas): conjunto de ilhas no Oceano Pacífico. Cobre uma enorme superfície oceânica. A maioria das ilhas pertencem aos Estados Unidos, à Nova Zelândia, à França e ao Chile.

Austrália

Nome Oficial: Austrália

Governo: Monarquia parlamentarista.

Área: 7.682.300 km2

População: 22.262.500 (2013)

Moeda: dólar australiano

Língua: inglês

Capital: Camberra.

Governo

Chefe de Estado: Rainha Elizabeth II da Grã-Bretanha, representada pelo Governador-geral.

Chefe de governo: Primeiro-ministro

Condição especial

Membro da Comunidade Britânica.

Divisão administrativa

6 estados, 3 territórios continentais e vários territórios insulares.

Situação Geográfica

Sudoeste da Oceania.

Limites

Estreito de Torres (N); mares do Timor (NO), de Coral (NE) e da Tasmânia (SE); Oceano Índico (S e O).

Histórico

A Austrália foi primeiramente colonizada pela Grã-Bretanha em 1788. Em contraste com os Estados Unidos e o Canadá, a Austrália não estava aberta a colonizadores comuns. A região servia como uma colônia-prisão, onde os criminosos britânicos eram enviados para cumprirem suas sentenças. Após serem libertados, eles poderiam comprar terras e estabelecerem-se como homens e mulheres livres. Alguns deles escapavam, fugindo para a ilha de Nova Zelândia, localizada a sudeste da Austrália.

Com o passar do tempo, os ex-criminosos, tanto na Austrália como na Nova Zelândia, foram acompanhados por outros colonizadores britânicos que vieram por vontade própria. Os imigrantes eram atraídos pela oferta de livre posse de terras, e, em 1851 e 1892, pela corrida do ouro. A população aumentou tremendamente à medida que os estabelecimentos se multiplicavam e tornaram-se colônias separadas. Em meados do século, os colonos livres tiveram sucesso ao pressionar os britânicos para não mais enviarem criminosos à Austrália.

Os povos da Austrália e Nova Zelândia queriam ter seu próprio governo enquanto permanecendo sob o Império Britânico. Durante a década de 1850, as colônias da Austrália e Nova Zelândia conquistaram seu autogoverno e estabeleceram o parlamentarismo. Em 1901, as colônias australianas foram unificadas sob uma constituição federal chamada de Comunidade da Austrália. Durante o começo do século XX, tanto a Austrália como a Nova Zelândia tornaram-se domínios britânicos.

Em 1893, a Nova Zelândia tornou-se a primeira nação no mundo a conceder direitos totais de voto à mulher.

Os dois países também adotaram políticas de bem-estar social antes de qualquer outra nação de língua inglesa, incluindo seguros aos mais velhos, leis de compensação aos trabalhadores e leis que apoiavam os sindicatos.

População

Em todo o território australiano vivem 22,3 milhões de habitantes, concentrados no litoral e nas regiões úmidas, o que cria um vazio demográfico quase absoluto no interior.

A população urbana é elevada - 89% (2010) dos australianos vivem em cidades. A população é bastante concentrada em áreas restritas, como no litoral oriental (especialmente no litoral sudeste) e nas regiões de Perth e Adelaide.

Composição étnica

Os anglo-saxônicos correspondem a 90% da população. Os outros 10% são minorias europeias, asiáticas e aborígines.

Aspectos físicos

Relevo

O relevo da Austrália é composto de altitudes modestas. Na porção oriental, ergue-se a Cordilheira Australiana (ou Grande Cordilheira Divisória), constituída por terrenos paleozoicos e mesozoicos, que sofreram um soerguimento na era Terciária e cujo ponto culminante, o Pico Townsend, tem 2.211 m de altitude.

No centro leste, encontra-se uma vasta planície sedimentar, drenada por alguns rios, dos quais se destacam o Murray e o Darling, procedentes da Cordilheira Australiana.

A porção centro-ocidental é ocupada por um grande planalto antigo, fortemente peneplanizado.

A rede hidrográfica australiana é pouco expressiva e apresenta muitos rios temporários, refletindo a baixa pluviosidade do país.              
  • região de grandes planaltos e vastas bacias de fundo plano; cordilheira australiana (litoral E); Planície de Perth (litoral SO);
  • planalto de Kimberly (litoral NO); escudo australiano (interior ocidental) formando 3 desertos (o Grande Deserto de Areia, NO; o Deserto Gibson, O; o Grande Deserto de Vitória, SO);
  • 3 bacias hidrográficas:
    • Carpentária, NE;
    • Artesiana, E;
    • Murray-Darling, SE (interior oriental).
  • ponto mais elevado: monte Kosciuszko (2.228 m).

Sumário

- Austrália
- Aspectos físicos
- Economia
- Agricultura
- Recursos Minerais
- Indústria
- Nova Zelândia
Assine login Questões de Revisão image Questões dissertativas image