Filo Moluscos - Filo Equinodermos

Filo Moluscos

Neste filo estão incluídos caracóis, caramujos, lesmas, ostras, lulas, polvos. Nele estão os maiores invertebrados que se conhece, como a concha do Pacífico com 1,2 m ou a lula gigante (Architeutis = cefalópodo do Atlântico Norte; até 15 m de comprimento de tentáculos; circunferência do corpo = 3,5 m; vive de 300 a 600 m de profundidade; são nadadores não rápidos).

É o 2o maior do reino animal em número de espécies (cerca de 110 mil).

Características comuns a todos os representantes

- Não apresentam corpo segmentado, possuem simetria bilateral, são triblásticos, celomados esquizocélicos e protostômios.

- O corpo é macio e flexível e pode apresentar uma forte concha calcária que serve para protegê-lo. A maioria vive no mar (em geral, nas águas rasas ao longo do litoral), mas há diversas espécies de água doce e terrestres.   

- O organismo pode ser dividido em três partescabeça e massa (saco) visceral.

- Na massa visceral estão os órgãos da digestãoexcreção (nefrídios) e reprodução.

- Abaixo da concha está uma dobra da pele que é o manto ou pálio, o qual secreta a concha.

- Entre o manto e a massa visceral há um espaço ou cavidade do manto (paleal), onde se acha o aparelho respiratório (brânquias ou "pulmões").

- A reprodução é sempre sexuada, mas apresenta particularidades em cada classe.

- O sistema nervoso é composto por vários pares de gânglios, unidos entre si através de cordões nervosos. Os gânglios cerebroides estão na cabeça e deles partem nervos para os principais órgãos dos sentidos (olhos, tentáculos, etc). Os gânglios pedais inervam a musculatura desse órgão, enquanto os gânglios viscerais inervam os órgãos viscerais e o manto.

Classe Gastrópodos

Caramujos (água doce ou no mar) e caracóis e lesmas (ambiente terrestre). Possuem pé, cabeça e massa visceral, estando na cabeça dois pares de tentáculos, sendo que um dos pares tem olhos na extremidade.

pé é bem desenvolvido e desliza sobre um muco escorregadio secretado por glândula do pé.

Na boca há a rádula que serve para raspar o alimento. Nos terrestres a respiração é "pulmonar a cavidade do manto é vascularizada, semelhante a pulmões. Nos aquáticos a respiração é branquial.

concha é formada por uma peça, daí serem univalvos.

A reprodução é sexuada e, em geral, são hermafroditas. Os terrestres têm desenvolvimento direto e os aquáticos terão dois estágios larvaistrocófora, que evolui a véliger.

Classe Lamelibrânquios ou Pelecípodos ou Bivalves

Os pelecípodes são moluscos exclusivamente aquáticos, cujo corpo mole é abrigado por uma concha bivalve articulada. Possuem pé bastante desenvolvido e massa visceral volumosa, não havendo cabeça diferenciada.

concha é formada por duas peças e a cabeça é muito reduzida. O pé é muito desenvolvido. São animais filtradores. Têm estilete cristalino que facilita a digestão estomacal. Muitos são fixos na fase adulta, como mexilhão e ostras (= bisso  penacho). Outros conseguem locomover-se, como o Pecten (vieira).

Certas espécies de ostras podem produzir a pérola entre o manto e a concha. Antigamente as conchas de grandes bivalves de água doce eram usadas para fabricar botões de madrepérola.

Nesta classe estão as conchas gigantes, com quase 2 metros de tamanho (Tridacna).

Na reprodução são dioicos, a fecundação é externa e formam larvas: trocófora que evolui a véliger (vida livre); e gloquídio (larva parasita de brânquias de peixes na água doce)

Classe Cefalópodos

O nome refere-se ao fato de terem os tentáculos (modificação do pé muscular), com ventosas, como se saíssem da cabeça.

São moluscos bem desenvolvidos, com olhos semelhantes aos dos vertebrados, sistema circulatório fechado e sistema nervoso bem desenvolvido.

Nesta classe estão as lulas e os polvos (= sem concha). Possuem rádula e mandíbula em forma de bico. O manto recobre a massa visceral.  Lulas e sépias têm concha interna.

Nautilus e Argonauta  são representantes que apresentam concha externa.


Nautilus

Na reprodução são dioicos. O desenvolvimento é direto. São todos marinhos.

outras classes:

  • Monoplacóforos (Neopilina- concha em forma de placa; vivem exclusivamente no mar, em geral de 2 a 7 mil metros de profundidade; são filtradores, alimentando-se de microrganismos.

  • Anfineuros ou Poliplacóforos (Chiton) - a concha tem grande semelhança entre as regiões anterior e posterior e é formada por oito placas encaixadas - mede entre 5 e 8 cm de comprimento.; vivem exclusivamente no mar, em água rasas, deslizando sobre rochas submersas, das quais raspa as algas de que se alimenta.

  • Escafópodos (Dentalium) - a concha lembra uma pequena presa de elefante, oca e aberta nas duas extremidades; exclusivamente marinhos, vivem enterrados na areia ou no lodo e possuem um pé afilado, especializado em cavar.

Há muitas espécies de moluscos de grande importância para o homem: na alimentação (ostras, mariscos, mexilhões, polvos, lulas); o gênero Teredo é bivalve perfurador, que causa estragos em cascos de embarcações de madeiras; podem ser hospedeiros intermediários de doenças (esquistossomose = caramujo Biomphalaria;  fasciolose = caramujo Lymnaea).

  • Aulas relacionadas

Sumário

- Filo Moluscos
i. Classe Gastrópodos
ii. Classe Lamelibrânquios ou Pelecípodos ou Bivalves
iii. Classe Cefalópodos
- Filo Equinodermos
Assine login Questões a responder image Questões dissertativas image