Cadeia alimentar - Teia alimentar

Cadeia alimentar - Teia alimentar

A sequência linear de seres vivos em que um serve de alimento para o outro é chamada de cadeia alimentar.

Um exemplo de cadeia alimentar no ecossistema marinho pode ser esquematizado do seguinte modo:

Em um ecossistema, entretanto, as relações alimentares entre os organismos que o compõem não são tão simples. No mar, por exemplo, o filoplâncton, pode ser comido pelo zooplâncton e também por certos peixes e caramujos herbívoros. O zooplâncton, por sua vez, pode ser comido por peixes, que poderão ser comidos por outros peixes maiores. Alem disso, existem organismos que se alimentam tanto de produtores como de consumidores. Esses organismos são chamados onívoros e podem alimentar-se do filoplâncton, do zooplâncton ou de peixes. Dessa forma, em um ecossistema existem várias cadeias alimentares que se relacionam, formando uma complexa rede de transferência de matéria e de energia. A esse complexo dá-se o nome de teia alimentar.

Cadeia alimentar: Sequência linear de seres vivos em que um serve de alimento para outro.

Teia alimentar: Conjunto das várias cadeias alimentares de um ecossistema. 


Habitat: Local de um ecossistema em que um determinado organismo vive. É o seu endereço.

Nicho ecológico: Função e atividades do organismo no ecossistema. É a sua profissão.

 

Num mesmo ecossistema, duas espécies diferentes podem ter o mesmo habitat ; porém nunca terão por muito tempo o mesmo nicho ecológico, já que a competição leva ao desaparecimento de uma delas (princípio da exclusão competitiva, de Gause).

Pirâmide alimentar: representa quantitativamente a cadeia alimentar.  Pode ser de:

a)  número.

b)  biomassa.

c)  energia.

Cada nível é representado por um retângulo, cujo comprimento é proporcional à quantidade de energia acumulada.

A pirâmide tem sempre a forma de um triângulo, por motivo de perdas de energia na passagem de um nível para outro, devido ao fato de que cada organismo também consome parte da energia.

A população é um agrupamento de indivíduos da mesma espécie que ocorre em uma mesma área e a comunidade corresponde a um conjunto de populações que vivem em um mesmo local. Os indivíduos de uma mesma comunidade estão constantemente interagindo entre si e com o meio.

Características estruturais de uma comunidade

  • Composição específica; (espécies existentes);

  • Abundância das espécies;

  •  Frequência relativa das espécies;

  •  Fidelidade das espécies (migrar ou não);

  •  Periodicidade das espécies;

  •  Estratificação e zonação;

  •  Diversidade da comunidade

Dinâmica da comunidade

Sucessão ecológica: sequência gradual de estágios do desenvolvimento de uma comunidade ao longo do tempo, desde seus estágios iniciais até seu completo desenvolvimento.

Abundância das espécies

Definida em função da densidade de suas populações.

  • Densidade: número de indivíduos que compõem a população de uma espécie em uma   comunidade por unidade de área ou de volume

  • Aulas relacionadas

Sumário

i. Características estruturais de uma comunidade
ii. Dinâmica da comunidade

Assine login Questões a responder image Questões dissertativas image Questões para o Enem image