Biomas terrestres

Biomas terrestres

Grandes ecossistemas da Terra

As comunidades pioneiras e intermediárias são transitórias, mas a comunidade clímax satura o ambiente com as espécies mais bem adaptadas. Isso acontece porque a produção biológica entra em equilíbrio com as condições que dependem do solo e do clima ou condições abióticas da região. O resultado é a ocupação natural das terras por ecossistemas típicos - os biomas.

Os biomas são as comunidades clímax que se perpetuam porque correspondem às exigências do solo e das zonas climáticas em que se implantaram.

O bioma é um ecossistema estável, determinado principalmente pelo clima, embora ocorram alterações em sua aparência, ao longo das estações, como a perda das folhas das florestas decíduas, no outono, ou a floração das pradarias, na primavera. Essas variações sazonais alteram o aspecto da comunidade clímax, mas as espécies que a integram continuam as mesmas.

A biosfera pode ser dividida em partes, com características próprias, denominadas biomas:

Biomas terrestres

1. Tundra

Localiza-se no Círculo Polar Ártico; enormes áreas na Groenlândia e no norte do Canadá e Eurásia. Recebe pouca energia do Sol, chove pouco, não se desenvolvem florestas.

Apresenta inverno longo e frio. Verão curto, com temperatura baixa e ventos secos. Poucos vegetais são encontrados na tundra, principalmente "líquens" e musgos, além de musgos, gramíneas, ervas e subarbustos com média de 30 cm. Completam seu ciclo vital em dois ou três meses, porque depois tudo é novamente coberto pela neve. Os animais aparecem, geralmente, no verão. Entre eles: aves aquáticas, mamíferos (rena, caribu, roedores e seus predadores: urso polar, raposa e lince). Não há répteis nem anfíbios.

A tundra apresenta um número pequeno de espécies, mas com cada espécie apresentando um grande número de indivíduos.

2. Taiga ou floresta de coníferas

Localiza-se ao sul da tundra, até o paralelo 60º. Recebe um pouco mais de energia que a tundra; chove também um pouco mais.

Apresenta verão um pouco maior do que a tundra, época em que o solo degela totalmente, originando muitos lagos. Os vegetais predominantes são as Coníferas (pinheiros e abetos), além de musgos e líquens. Os consumidores são mamíferos: veados, alces, castores, ursos, lobos, raposas, visons e marta, sendo que nas árvores vivem os esquilos; aves aquáticas (como na tundra, a maioria migra para o sul no inverno); insetos.

3. Florestas temperadas ou decíduas

Localizam-se entre os paralelos 30o e 60o, do hemisfério norte. Apresentam nitidamente as 4 estações, recebem mais energia por estarem em menores latitudes.

Entre os produtores, predominam as dicotiledôneas de árvores grandes, mais separadas que as das florestas tropicais e de folhas decíduas (caem no outono); assim as árvores mais baixas também recebem sol suficiente para completar sua floração. Os consumidores são mamíferos: javalis, veados, raposas e doninhas, além de pequenos mamíferos arborícolas, como esquilo e arganazes; aves (pássaros e corujas); anfíbios; répteis; e entre os insetos, os coleópteros (besouros e joaninhas) são os mais abundantes.

A biodiversidade é muito pequena, ocorrendo 5 a 15 espécies de árvores na floresta toda. Entre elas encontram-se as gigantescas sequoias, com mais de 100 m de altura.

4. Floresta Tropical

Localiza-se entre os trópicos. É o bioma que recebe maior quantidade de energia; chove muito. Existem florestas tropicais no norte da América do Sul (Bacia Amazônica), na América Central, na África, na Austrália e na Ásia.

Clima quente e úmido. As copas das grandes árvores interligam-se e formam no seu interior um ambiente com pouca luz, pouco vento e muito úmido; as folhas são largas e delicadas (latifoliadas). As copas mais altas recebem sol direto e formam uma cobertura contínua (folhas não caem no inverno pouco rigoroso = perenifólias), onde surge a maioria das flores e frutos, que, por sua vez, atraem inúmeros animais, especialmente insetos, aves e macacos. Abaixo desse "teto" de vegetação seguem-se patamares formados por árvores gradativamente menores, até chegar aos arbustos e ervas rasteiras.

Os produtores são formados por grandes árvores, cipós, orquídeas, samambaias, avencas. Os consumidores primários são mamíferos: macaco, esquilo e preguiça (arborícolas), cuíca, porco-do-mato, paca, coati, gambá; aves; répteis: cobras, lagartos, quelônios; anfíbios: sapos, pererecas; insetos (mosquitos, besouros, formigas), etc.

O bioma apresenta grande número de espécies - enorme quantidade de nichos ecológicos - com número reduzido de indivíduos em cada espécie.

5. Campos e Desertos

Apresentam localização variada. Os campos caracterizam-se por terem grande variação de temperatura, alta de dia e baixa à noite; são formações fitogeográficas onde predominam plantas herbáceas. Bastante luz e vento. Pouca umidade.

Os campos podem ser classificados em estepes e savanas. As estepes são encontradas em regiões cujo clima apresenta períodos de seca. A vegetação é predominantemente formada por gramíneas. Incluem-se na categoria de estepes as pradarias (América do Norte e América do Sul) e os pampas gaúchos. A fauna das estepes é constituída por roedores (hamsters e marmotas) e carnívoros (lobos, coiotes e raposas); os insetos são abundantes (besouros e joaninhas).

As savanas são formações com arbustos e árvores de pequeno porte, além de gramíneas. São encontradas na África, na Ásia, na Austrália e nas Américas. Na fauna das savanas africanas estão muitos herbívoros (antílopes, zebras, girafas, elefantes e rinocerontes), além dos grandes carnívoros (leões, leopardos e guepardos). Há diversas espécies de aves (corredoras, como o avestruz; pássaros, gaviões).

No Brasil o campo cerrado, ou simplesmente cerrado é semelhante à savana.

Águas continentais

Pertencem ao biociclo dulcícola ou limnociclo. Compreendem todos os ecossistemas de água doce. Podem ser divididas em:

1. águas dormentes (lênticas) - representadas por águas paradas: lagos, lagoas, brejos, alagadiços.

Esses ambientes geralmente são ricos em flora e fauna. Os produtores são organismos fotossintetizantes, constituídos por plantas parcial ou totalmente submersas e pelo fitoplâncton (algas verdes, cianobactérias e diatomáceas).

Os maiores biomas lênticos do mundo são o Lago Baikal (Sibéria) e o Lago Tanganica (África).

2. águas correntes (lóticas) - compreendem os rios, riachos, cascatas e córregos.

Esses biomas são pobres em plâncton. Encontram-se aí algas fixadas às rochas, além de moluscos, peixes e insetos, que são dependentes da alimentação vinda da margem.

Num rio, podem ser distinguidas 3 regiões:

a) nascente.
b) curso médio.
c) curso baixo (foz).

A nascente apresenta água fria e muita turbulência, o que dificulta a vida.

O curso médio tem menor velocidade de correnteza, leito largo, maior quantidade de partículas orgânicas e águas mais quentes. Tudo isso permite uma maior quantidade de seres.

A foz caracteriza-se por águas lodosas, com pouca luz; os produtores e consumidores, devido a estas condições, estão presentes em pequeno número

Águas oceânicas

Constituem ¾ da biosfera, apresentam grande diversidade de vida. Podemos distinguir:

- Bentos - conjunto dos seres que vivem restritos ao "fundo" das águas. Podem ser fixos, como as esponjas e actínias, ou móveis, como os ouriços-do-mar e estrelas-do-mar.

- Plâncton - constitui o conjunto dos seres vivos flutuantes que se movem passivamente, levados pelos ventos ou pelas correntezas líquidas, já que são destituídos de órgãos locomotores. Quando os possui, são órgãos muito rudimentares. Existem dois tipos básicos de seres planctônicos:

i. Fitoplâncton - abrange todos os seres flutuantes de natureza vegetal e é representado principalmente pelas algas.

ii. Zooplâncton - formado pelo conjunto de seres flutuantes de natureza animal.

- Nécton - o conjunto dos seres que deslocam-se ativamente na massa líquida, vencendo a correnteza.

Exemplo:

Maioria dos peixes, baleias, tartarugas, golfinhos, focas, botos etc.

Sumário

- Grandes ecossistemas da terra
- Biomas terrestres
i. Tundra
ii. Taiga
iii. Florestas temperadas
iv. Floresta Tropical
v. Campos e Desertos
- Águas continentais
- Águas oceânicas
Assine login Questões a responder image Questões dissertativas image Questões para o Enem image