Figuras de Linguagem

Figuras de Linguagem

 

Chama-se linguagem figurada ao recurso que utilizamos para maior riqueza da expressão. Nem sempre as palavras em seu sentido mais comum servem para dizer profundamente o que queremos dizer.

 

As figuras de linguagem distribuem-se de acordo com a variante que expressam na forma da língua. Assim temos:

LINGUAGEM FIGURADA

  • figuras de palavra ou tropos;
  • figuras de construção ou de sintaxe;
  • figuras de pensamento;
  • figuras de som.

FIGURAS DE PALAVRA

As mais importantes figuras de palavra são:

metáfora

metonímia

sinédoque

catacrese

antonomásia

Metáfora: é, em essência, uma comparação abreviada. Consiste em usar uma determinada palavra, não no seu sentido denotativo, mas em lugar de uma outra com a qual tenha uma certa relação de semelhança. Usa-se uma palavra em lugar de outra porque a imaginação vê uma semelhança entre as duas.

Por exemplo:

João é muito forte; o leão é muito forte.

Ao invés de se dizer "João é forte como um leão", diz-se diretamente: João é um leão.

Outros exemplos:

A vida é uma luta. (= é tão difícil quanto uma luta)
Ele tem nervos de aço. (= tão fortes que parecem de aço)
Minha mãe é uma santa. (= tão boa quanto uma santa)

OBS.:

Chama-se comparação e não metáfora a figura em que os dois elementos postos em confronto são materialmente separados por uma partícula comparativa do tipo como, assim como, qual, etc.

Por exemplo:

Qual um mendigo, vivia a caminhar pelas ruas.

Metonímia: a metonímia ocorre quando, em vista de uma relação de contiguidade ou de afinidade, uma palavra é empregada em lugar de outra. Temos a metonímia quando empregamos:

a) o autor pela obra.

Por exemplo:

Ele gosta de ler Jorge Amado. (= Ele gosta de ler as obras de Jorge Amado)
Comprei um Portinari. (= Comprei um quadro de Portinari)

b) o continente pelo conteúdo.

Por exemplo:

Um bebeu uma garrafa e o outro, um copo. (o conteúdo de)
Na Bahia, provei um prato gostoso. (o conteúdo de)

c) o abstrato pelo concreto (e vice-versa).

Por exemplo:

A velhice é prudente. (velhice = pessoas mais velhas)
Cada um carrega sua cruz. (cruz = sofrimento)

d) o efeito pela causa (e vice-versa).

Por exemplo:

Vencer na vida com o suor do próprio rosto. (suor é o efeito ou resultado e está sendo usado no lugar da causa, ou seja, o trabalho)
Aprendi a viver do meu trabalho. (trabalho é causa ou meio e está sendo usado no lugar do efeito ou resultado, ou seja, lucro.)

e) o instrumento pela pessoa que utiliza.

Por exemplo:

Ele é um bom garfo! (= ele é um indivíduo que come muito)

f) o lugar pelo produto.

Por exemplo:

Fumei um saboroso havana. (havana = charuto fabricado em Havana, capital de Cuba)

g) o símbolo pela coisa ou ideia simbolizada.

Por exemplo:

O trono foi disputado pelos revolucionários. (o trono simboliza o império)

Sinédoque: Consiste no alargamento ou diminuição de sentido de uma palavra e ela ocorre quando empregamos:

a) a parte pelo todo.

Por exemplo:

Não há teto para todos os necessitados. (A parte "teto" está sendo usada no lugar do todo "casa")

b) o indivíduo pela classe ou espécie.

Por exemplo:

Ele era o judas da classe. (O nome próprio passou a designar a classe dos homens traidores).

c) o singular pelo plural.

Por exemplo:

O homem é um animal racional. (isto é, os homens)

d) o gênero pela espécie.

Por exemplo:

Os mortais são imperfeitos. (isto é, os homens)

e) a matéria pelo objeto (artefato).

Por exemplo:

Ele não tem um níquel. (A matéria "níquel" está sendo usada no lugar da coisa fabricada, que é "moeda")

Catacrese: ocorre quando, por falta de uma palavra específica para designar alguma coisa, se toma por empréstimo outra palavra e passa-se a usá-la em sentido figurado.

Exemplos:

O da mesa estava quebrado.
Coloquei dois dentes de alho na comida.
Todos embarcaram no avião das dez horas.
Ele enterrou uma agulha na pele.

Antonomásia (ou Perífrase): ocorre a antonomásia quando substituímos um nome próprio pela qualidade ou atributo que o distingue.

Exemplos:

O Poeta dos Escravos é um autor do Romantismo.
(A expressão "Poeta dos Escravos" está sendo usada no lugar do nome próprio Castro Alves).

O rei das selvas. (leão)

  • Aulas relacionadas

Sumário

- Linguagem figurada
i. Figuras de palavra
- Figuras de construção ou sintaxe
- Figuras de pensamento
- Figuras de som
- Vícios de linguagem
Assine login Questões para o Enem image