Artrópodes - Características dos Artrópodes

O filo Arthropoda é o filo que apresenta o maior número de espécies atuais (1 milhão). Existem em todos os ambientes: água doce ou salgada (microcrustáceos – planctônicos; camarões, lagostas – bentônicos livres; cracas - fixos), no solo (formigas, pulgas, tatuzinho ou “tatu-bola”, aranhas, centopeia, escorpiões), no ar (voam = borboletas, abelhas, besouros, moscas).

Os artrópodes têm estreitas relações de parentesco com os anelídeos, sendo que a maior evidência é a segmentação metamérica do corpo. Artrópodes primitivos (trilobitas – entre 600 e 250 milhões de anos atrás), hoje extintos, apresentavam, nas fases adultas, o corpo nitidamente dividido em segmentos semelhantes.

Apesar de não ser tão evidente nos artrópodes adultos atuais, devido à fusão e especialização dos segmentos (tagmas), a organização metamérica está presente nas fases embrionárias de todas as espécies do grupo.

Os artrópodes são animais triblásticos, protostômios e celomados. São metamericamente segmentados, bilateralmente e simétricos, com o corpo organizado em cabeça, tórax e abdome ou cefalotórax e abdômen. Apresentam apêndices ou patas articuladas e exoesqueleto quitinoso; sistema digestivo completo, sistema circulatório aberto e lacunar sistema nervoso formado por gânglio cerebral e cadeia ganglionar ventral.

Os artrópodes constituem o maior grupo de organismos quanto ao número de espécies; estas são extremamente bem-sucedidas na exploração dos mais variados ambientes terrestres, aéreos, de água doce e marinhos. Trata-se de um grupo muito diversificado, incluindo-se entre seus representantes os insetos, aranhas, escorpiões, caranguejos, camarões, além das centopeias, lacraias e piolhos-de-cobra.

Onicóforos

Filo Onycophora - onychos, unha, garra; phoros, portador.

Os onicóforos apresentam características intermediárias de anelídeos e de artrópodes. A espécie nativa do Brasil é o Peripatus acacioi. Os registros fósseis indicam pouca mudança na organização básica nos últimos 500 milhões de anos.

Corpo alongado, entre 5 e 10 cm de comprimento, pele aveludada e numerosos pares de patas curtas e grossas, terminadas em pequenas garras afiadas.

Na cabeça há um par de antenas e um par de papilas secretoras de muco (jatos que imobilizam as presas). Vivem em ambientes muito particulares e úmidos (cutícula com pouca quitina), em florestas tropicais da África, Ásia, Austrália e América do Sul.

As semelhanças entre onicóforos e anelídeos aparecem na organização muscular, em camadas sob a pele, no sistema excretor (nefrídeos) e na estrutura dos órgãos reprodutivos.

As semelhanças com os artrópodes são o sistema circulatório aberto e o sistema respiratório traqueal.


Peripatus

Características gerais dos Artrópodes

Apesar de sua grande diversidade, todos os artrópodes exibem, em comum, as seguintes características:

Exoesqueleto: constituído principalmente por quitina, podendo apresentar impregnação por sais de cálcio. Somente nas regiões de articulação de patas e antenas, ou entre as diferentes regiões do corpo, a cutícula é fina e flexível, permitindo a movimentação.

Por possuírem revestimento externo rígido, os artrópodes apresentam crescimento descontínuo, por meio de mudas ou ecdises (induzidas por hormônio: a ecdisona). Periodicamente, um novo esqueleto mole forma-se sob o mais antigo; a velha cutícula se rompe e o animal se solta, abandonando o revestimento anterior. Ocorre rápido aumento de volume do corpo, enquanto a nova cutícula ainda não se impregnou de quitina, continuando, portanto, mole e elástica.

Segmentação: os artrópodes são, além dos anelídeos, os únicos invertebrados segmentados, diferindo deles por não apresentarem septos intersegmentares internamente. Também não há repetição dos órgãos internos como nos anelídeos. Durante o desenvolvimento embrionário pode ocorrer, nos artrópodes, fusão entre os metâmeros, tornando menos evidente sua segmentação. É possível, entretanto, identificar a divisão do corpo em três grandes segmentos, distintos ou fundidos: cabeça, tórax e abdome.

Apêndices articulados: característica que dá nome ao grupo, os apêndices dos artrópodes são formados por articulações móveis. Os apêndices são de vários tipos, estando sua forma relacionada à função que realizam. Entre essas funções podemos citar as de locomoção (patas); captura, sucção e trituração de alimentos (peças bucais variadas, pinças); limpeza do corpo e percepção de estímulos (patas, antenas).

  • Aulas relacionadas

Sumário

- Onicóforos
- Características gerais dos Artrópodes
- Diversidade
i. Subfilo Uniramia
a) Classe Insecta
b) Classe dos Diplópodos
c) Classe dos Quilópodos
ii. Subfilo Crustáceos
iii. Subfilo Quelicerados
a) Classe Merostomados
b) Classe Arachnida
Assine login Questões de Vestibular image Questões para o Enem image