Slot Demo PragmaticDemo Slothttps://167.172.89.125/https://pesanantar.gramedia.com/demo-olympus/https://pustaka.dumaikota.go.id/inlislite/produks/sdemo/slot demohttps://heylink.me/mochibet88/mochibet88mochibet 88mpotenhksbetlaskar89laskar 89link ksoklubmporedkitabet138gbk76ksoklubhebitopmpoxompoxlcakar7688klub
https://orange-cliff-05c110310.3.azurestaticapps.net/

Michelangelo - biografia, obras, Capela Sistina, frases

Publicado em 29 de março de 2023 Autor:

Michelangelo (1475-1564) foi um dos mais importantes artistas renascentistas da Itália. Ele nasceu em Caprese, na região da Toscana, e desde muito jovem mostrou habilidades artísticas excepcionais. Michelangelo é conhecido por suas obras em várias disciplinas, incluindo Escultura, Pintura, Arquitetura e Poesia.

Entre suas obras mais famosas estão a estátua de Davi, uma das mais icônicas da arte ocidental, a pintura do teto da Capela Sistina, na qual ele retratou cenas bíblicas em um grandioso afresco, e a escultura do Moisés, encomendada pelo papa Júlio II para sua tumba.

Michelangelo foi um artista muito versátil e influente, que teve um grande impacto no desenvolvimento da arte ocidental. Suas obras são marcadas pela habilidade técnica excepcional, pelo uso magistral da luz e sombra e pela intensidade emocional que elas transmitem.

Biografia

Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni, nascido em 1475, na cidade de Caprese, Itália, foi um artista renascentista famoso por suas obras de arte em diversas áreas, como Escultura, Pintura, Arquitetura e Poesia.

Ainda jovem, Michelangelo mudou-se com sua família para Florença, onde foi aprendiz do pintor Ghirlandaio. Mais tarde, ele estudou escultura com Bertoldo di Giovanni, no jardim da família Médici.

Sua primeira grande obra escultórica foi a “Pietà”, que foi esculpida quando ele tinha apenas 23 anos. A obra foi elogiada por sua beleza e perfeição técnica.

Em 1505, Michelangelo foi chamado pelo papa Júlio II para esculpir um monumento funerário para ele. A obra, intitulada “Moisés”, foi esculpida em mármore e é considerada uma das maiores obras-primas do Renascimento.

Michelangelo também é famoso pelas pinturas do teto da Capela Sistina, em Roma, que foram encomendadas pelo papa Júlio II. A obra é uma das mais importantes da história da arte ocidental e inclui cenas do Gênesis, como a criação de Adão e o julgamento final.

Além disso, Michelangelo projetou diversas obras arquitetônicas, como a Biblioteca Laurenziana e a Basílica de São Pedro, em Roma.

Michelangelo faleceu em 1564, aos 88 anos, deixando um legado artístico que continua a inspirar artistas em todo o mundo.

Obras

Michelangelo Buonarroti foi um dos mais importantes artistas do Renascimento italiano, tendo produzido obras em diversas áreas, como Escultura, Pintura, Arquitetura e Poesia. Algumas de suas obras mais famosas incluem:

  • A escultura do “Davi”, concluída em 1504;
  • A pintura da “Criação de Adão”, no teto da Capela Sistina, concluída em 1512;
  • O afresco “O Juízo Final”, na parede do altar da Capela Sistina, concluído em 1541;
  • O túmulo do papa Júlio II, que inclui a escultura “Moisés”, concluído em 1545;
  • A cúpula da Basílica de São Pedro, concluída em 1590 (postumamente, a obra foi concluída por Giacomo della Porta).
  • A Pietà de Michelangelo é uma escultura famosa que representa a Virgem Maria segurando o corpo de Jesus morto em seus braços. A escultura foi esculpida em mármore branco e concluída por Michelangelo quando ele tinha apenas 24 anos de idade. Ela está localizada na Basílica de São Pedro, no Vaticano, em Roma. A escultura é considerada uma das obras-primas de Michelangelo e uma das mais famosas da arte ocidental.

“Davi” de Michelangelo

A obra “Davi” de Michelangelo é uma escultura de mármore representando o personagem bíblico Davi, que foi criada entre 1501 e 1504. A escultura retrata Davi em um momento de tensão, momentos antes de lutar contra Golias, com uma expressão séria e concentrada, em contraste com sua postura confiante e relaxada.

A obra mede cerca de cinco metros de altura e é considerada uma das mais famosas esculturas de todos os tempos, sendo também uma das obras mais conhecidas de Michelangelo. A escultura foi encomendada pelos governantes de Florença para ser colocada na fachada da Catedral de Florença, mas Michelangelo acreditava que a escultura seria melhor apreciada em um espaço mais fechado, e acabou sendo colocada na Piazza della Signoria, onde se encontra atualmente, em frente ao Palazzo Vecchio.

A escultura é um exemplo do Renascimento italiano, que valorizava a perfeição da forma humana e a representação realista dos sentimentos e emoções. Michelangelo foi muito elogiado por sua habilidade em esculpir o mármore, e a obra é considerada uma das maiores realizações da escultura ocidental. A escultura de Davi tornou-se um símbolo da liberdade e da defesa da cidade, sendo adotado pelos florentinos como um símbolo de sua cidade e de sua resistência contra os invasores.

“Moisés” de Michelangelo

A obra “Moisés” de Michelangelo é uma escultura de mármore criada entre 1513 e 1515. A escultura retrata o personagem bíblico Moisés, que é descrito como um líder e profeta que recebeu os Dez Mandamentos de Deus no Monte Sinai.

A escultura de Moisés é impressionante em tamanho, medindo cerca de 2,34 metros de altura. A figura de Moisés é representada em uma postura majestosa e imponente, com uma expressão séria e intensa. Ele está sentado em um trono, segurando as tábuas dos Dez Mandamentos em sua mão esquerda e apoiando a mão direita sobre o joelho.

A escultura de Moisés é uma das obras mais famosas de Michelangelo e é considerada um dos maiores exemplos da escultura renascentista. Michelangelo foi elogiado por sua habilidade em esculpir detalhes, como a barba e os cabelos de Moisés, e pela forma como ele capturou a sensação de movimento e dinamismo em uma figura aparentemente estática.

A obra foi encomendada para ser colocada em um mausoléu do Papa Júlio II na Basílica de São Pedro, em Roma, mas acabou sendo colocada na Igreja de San Pietro in Vincoli, também em Roma. A escultura de Moisés é uma das obras mais visitadas de Roma e é considerada uma das maiores realizações artísticas de Michelangelo.

“O Juízo Final” de Michelangelo

A obra “Juízo Final” de Michelangelo é um afresco que se encontra na parede do altar da Capela Sistina, no Vaticano. A obra foi pintada entre 1535 e 1541, e retrata o fim do mundo e o julgamento final, conforme descrito na Bíblia.

A obra é monumental, medindo cerca de 13,7 metros de altura por 12,2 metros de largura. Ela apresenta uma cena complexa e detalhada, na qual Jesus aparece no centro, em uma postura majestosa e imponente, rodeado por anjos e santos. À sua direita estão os eleitos, sendo conduzidos ao céu por anjos, enquanto à sua esquerda estão os condenados, sendo empurrados para o inferno pelos demônios.

A obra é notável pela sua intensidade emocional e pela sua abordagem realista aos corpos humanos. Michelangelo retratou os corpos dos condenados e dos eleitos em posições dramáticas e expressivas, tornando a cena ainda mais vívida e impactante.

A obra “Juízo Final” foi encomendada pelo Papa Clemente VII para ser uma expressão poderosa da fé cristã e da doutrina da ressurreição. A obra é considerada uma das maiores realizações da arte renascentista e uma das maiores obras de arte de todos os tempos. É uma das principais atrações turísticas do Vaticano e uma das obras mais estudadas e discutidas na história da Arte.

“A Criação de Adão” de Michelangelo

“A Criação de Adão” é um dos afrescos mais famosos pintados por Michelangelo, que se encontra no teto da Capela Sistina, no Vaticano. A obra foi criada entre 1508 e 1512 e representa a criação do primeiro homem, Adão, conforme descrito no livro do Gênesis da Bíblia.

“A Criação de Adão” é considerada uma das maiores realizações da pintura renascentista e uma das obras mais conhecidas de Michelangelo. A obra é notável pela sua composição dramática e pelo uso de cor e luz para criar uma sensação de movimento e energia. A pose e a anatomia de Adão, assim como sua expressão facial, são consideradas particularmente bem-sucedidas em criar uma figura humana realista e dinâmica.

A obra é também frequentemente interpretada como uma reflexão sobre o papel do homem no mundo. “A Criação de Adão” é uma das atrações turísticas mais populares do Vaticano e é considerada uma das obras de arte mais famosas e icônicas de todos os tempos.

A Capela Sistina

A Capela Sistina é uma das mais famosas obras de arte renascentista do mundo, localizada no Vaticano, em Roma. Ela é conhecida principalmente pelos afrescos pintados no teto por Michelangelo entre 1508 e 1512.

Os afrescos retratam episódios do Gênesis, incluindo a criação de Adão e Eva, a expulsão do Paraíso e o Dilúvio. A composição mais famosa é a imagem da criação de Adão.

Michelangelo trabalhou na Capela Sistina durante quatro anos, debruçado sobre andaimes e utilizando uma técnica de pintura a fresco que envolvia aplicar tinta diretamente na argamassa ainda úmida do teto. O trabalho exigiu enorme habilidade técnica e resistência física, e Michelangelo enfrentou muitos desafios ao longo do caminho.

Hoje, a Capela Sistina continua a ser uma das atrações turísticas mais populares de Roma, atraindo milhões de visitantes todos os anos. Ela é também um testemunho da grandeza da arte renascentista italiana e do gênio de Michelangelo.

Esculturas

Michelangelo é considerado um dos maiores artistas da história, e suas esculturas são reconhecidas como algumas das mais importantes obras de arte da Renascença italiana. Algumas das esculturas mais famosas de Michelangelo incluem:

  • Davi: Esta escultura de mármore representa o herói bíblico Davi, antes de sua luta contra Golias. A obra foi criada entre 1501 e 1504, e atualmente está exposta na Galeria da Academia, em Florença.
  • Moisés: Esta estátua em mármore representa o líder bíblico Moisés. A obra foi criada entre 1513 e 1515, e está localizada na Igreja de San Pietro in Vincoli, em Roma.
  • Pietà: Esta escultura em mármore representa a Virgem Maria segurando o corpo de Jesus após sua crucificação. A obra foi criada quando Michelangelo tinha apenas 24 anos, e está localizada na Basílica de São Pedro, no Vaticano.
  • Tumba de Júlio II: Michelangelo projetou um monumento grandioso para o papa Júlio II, que deveria incluir várias estátuas. Embora o projeto não tenha sido completamente executado, algumas das estátuas foram concluídas, incluindo as figuras dos Escravos, que parecem estar emergindo da pedra, como se estivessem lutando para se libertar.
  • Bacchus: Esta estátua em mármore representa o deus romano do vinho, e foi criada quando Michelangelo tinha apenas 21 anos. A obra está localizada no Museu Nacional do Bargello, em Florença.

Arquitetura de Michelangelo

Michelangelo trabalhou em várias obras de arquitetura durante sua vida, incluindo:

  • Basílica de São Pedro: Michelangelo foi contratado em 1546 para ser o arquiteto-chefe da Basílica de São Pedro, em Roma. Ele trabalhou no projeto por mais de 18 anos, até sua morte em 1564. Durante esse tempo, Michelangelo fez várias mudanças no projeto original, incluindo a criação da cúpula e a reorganização da planta da igreja.
  • Biblioteca Laurenziana: Michelangelo projetou a Biblioteca Laurenziana, localizada em Florença, Itália, entre 1524 e 1559. A biblioteca foi projetada para abrigar a coleção de manuscritos e livros de Lourenço de Médici, e é considerada uma das obras mais importantes de Michelangelo como arquiteto.
  • Palazzo Farnese: Michelangelo foi contratado para trabalhar no Palazzo Farnese em Roma, em 1546. Ele trabalhou no projeto por vários anos, mas a maior parte do trabalho foi feita por outros arquitetos depois que Michelangelo se afastou do projeto em 1549.
  • Fortaleza de San Giovanni: Michelangelo projetou a Fortaleza de San Giovanni, em Florença, Itália, em 1529. A fortaleza foi construída como uma defesa contra as tropas imperiais espanholas durante a Guerra da Liga de Cognac.

Quadros de Michelangelo

Michelangelo é mais conhecido por suas esculturas, especialmente por sua obra-prima, “Davi”. No entanto, ele também foi um grande pintor, e um dos mais famosos quadros que ele criou é a obra “O Juízo Final” na parede do altar da Capela Sistina no Vaticano, em Roma.

Outros quadros importantes de Michelangelo incluem “A Criação de Adão” e “A Tentação e Expulsão do Paraíso”, ambos também na Capela Sistina. Ele também pintou a “Crucificação de São Pedro” na Capela Paulina, no Vaticano, e o “Tondo Doni”, um retrato da Sagrada Família em Florença.

Frases de Michelangelo

Aqui estão algumas das frases mais famosas de Michelangelo:

  • “O verdadeiro trabalho de arte é a alma que se torna visível”.
  • “A simplicidade é a maior sofisticação”.
  • “Cada bloco de pedra tem uma estátua dentro e é tarefa do escultor descobri-la”.
  • “A maior glória em viver não está em nunca cair, mas em se levantar a cada vez que caímos”.
  • “O perigo mais comum na vida é que nos tornamos demasiado prudentes para correr riscos”.
  • “A arte é a expressão mais elevada do homem, porque é a única maneira pela qual ele tem consciência do que é: um ser inteligente e livre”.
  • “A perfeição é alcançada não quando não há mais nada a ser adicionado, mas quando não há mais nada a ser retirado”.
  • “O amor é a asa divina que nos leva às alturas mais elevadas, o maior triunfo da alma”.
  • “A morte e o amor são os dois grandes mestres da humanidade: em amor aprendemos a viver, na morte aprendemos a amar a vida”.
  • “O talento dá frutos, mas só o trabalho duro os colhe”.

Curiosidades sobre Michelangelo

Aqui estão algumas curiosidades sobre Michelangelo:

  • Michelangelo era canhoto, o que era raro na época em que ele viveu.
  • Ele era um artista muito perfeccionista e passou anos trabalhando em suas obras-primas, como a estátua de David e a Capela Sistina.
  • Michelangelo estudou anatomia humana de perto para melhorar suas habilidades de escultura e pintura.
  • Ele tinha uma personalidade forte e muitas vezes entrava em conflito com seus patronos e outros artistas.
  • Durante sua vida, Michelangelo criou várias obras-primas que são consideradas algumas das mais importantes da história da arte ocidental, incluindo a estátua de Davi, a Pietà e a Capela Sistina.
  • Michelangelo também foi um poeta talentoso e escreveu vários sonetos ao longo de sua vida.
  • Ele morreu aos 88 anos de idade, após uma vida longa e produtiva como artista.


O Portal Mais Completo para Alunos e Professores!

ASSINE O EDUCABRAS

Posts Relacionados

Os comentários não representam a opinião do EducaBras.