Redação dissertativa - a redação do Enem

Publicado em 21 de agosto de 2018

Redação dissertativa - a redação do Enem

Este ano, milhões de brasileiros prestarão o Enem – Exame Nacional do Ensino Médio. Essa prova é constituída por questões de múltipla escolha e por uma redação. Esta é de importância fundamental para se ter êxito no exame. O mau desempenho na redação do Enem pode significar o fracasso no exame. Portanto, além de se preparar para conseguir elaborar um bom texto, o participante precisa evitar cometer algum erro que cause com que receba nota zero na redação. Isso poderá ocorrer se o candidato elaborar uma redação que não siga a estrutura dissertativo-argumentativa. Portanto, é fundamental que o aluno saiba o que constitui uma redação dissertativa.

Um texto dissertativo discute questões e defende um ponto de vista por meio de argumentos válidos e lógicos. Estes devem ser baseados em evidências e informações ou dados confiáveis – não em ficção, alegações ou notícias falsas. Ao elaborar uma redação dissertativo-argumentativa, o candidato deve demonstrar coerência racional, senso crítico e a habilidade de julgar fatos. Seu objetivo é influenciar o leitor ao defender ideias e emitir opiniões.

O tipo de redação exigido pelo Enem e pela maioria dos exames vestibulares é o dissertativo porque se espera que todo aluno saiba opinar sobre as notícias de jornal e os problemas da sociedade, do Brasil e do restante do mundo. Em uma redação do tipo descritivo ou narrativo, predomina a referência a algo concreto – fatos, eventos, situações, pessoas e objetos. Por outro lado, em uma redação dissertativa, predomina o abstrato: ideias, opiniões, valores e julgamentos. É importante ressaltar que ao elaborar um texto dissertativo-argumentativo, não basta o aluno apresentar fatos; é necessário que ele reflita e opine sobre ideias. O autor do texto deve demonstrar, por meio de raciocínio lógico e de evidências, a superioridade do ponto de vista que visa a defender.

A redação dissertativo-argumentativa é tão valorizada em exames como o Enem e o Vestibular porque constitui o tipo de texto que avalia habilidades fundamentais e de importância crucial para quem pretende cursar o ensino superior. Tais habilidades são o desenvolvimento intelectual, o raciocínio lógico, a clareza de pensamento e a organização mental.

Como escrever uma boa redação dissertativa

Estas são algumas diretrizes:

– É necessário organizar as ideias do texto de modo didático. O autor deve defender seu ponto de vista de forma clara. Não basta utilizar um vocabulário amplo e escrever corretamente. É essencial que o texto consiga transmitir fatos, ideias e pontos de vista com máxima clareza.

– As ideias da precisam ser discutidas racional e logicamente. O autor não pode apelar às emoções para tentar convencer o leitor de seu ponto de vista. Além disso, a redação não deve defender posições por meio de fatos cuja veracidade não possa ser verificada.

– Ao elaborar a redação, o autor precisa estar bem informado sobre o tema. Esse é um dos motivos por que é tão importante que os alunos se mantenham a par de eventos da atualidade de importância para o Brasil e para o restante do mundo.

– Uma excelente redação dissertativa demonstra julgamento equilibrado dos fatos, analisa opiniões alheias e utiliza argumentos inteligentes para refutá-las. Além disso, revela criatividade ao propor novas soluções para os problemas apresentados.

– A redação deve demonstrar que o candidato possui conhecimento gramatical. É inaceitável que o texto contenha erros de ortografia, pontuação, concordância, etc. Portanto, é necessário que os alunos que estejam se preparando para o Enem e o Vestibular estudem gramática com afinco.

Vale ressaltar que não é necessário ser um escritor talentoso para ter êxito na redação do Enem. Mas a banca examinadora exige que o candidato escreva com competência. Isso significa que o autor deve saber articular pensamentos e defender um ponto de vista com coerência e inteligência.

O Portal Mais Completo para Alunos e Professores!

ASSINE O EDUCABRAS

Posts Relacionados

Os comentários não representam a opinião do EducaBras.


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/educabras/public_html/blog/wp-content/themes/educabras/functions.php on line 1116