Dicas para aumentar sua nota no Enem – Parte 1

Publicado em 06 de junho de 2017

Logo Enem

Neste ano, o Enem ocorrerá nos dias 5 e 12 de novembro – dois domingos consecutivos. É altamente recomendável que o aluno comece a se preparar para o exame o mais breve possível. Estima-se que sete milhões de pessoas prestarão o Enem em 2017. Isso significa que a prova se tornou mais competitiva. Portanto, mesmo os alunos que tiveram um ótimo desempenho no colégio precisam se preparar com afinco para o Enem.

Além de estudar as matérias, é fundamental que o aluno trace uma estratégia para ter êxito no Enem. Neste blog, oferecemos algumas dicas para que o aluno otimize seu desempenho:

1. Saiba que matérias e assuntos estudar.
O desempenho de muitos alunos no Enem é muito abaixo do esperado simplesmente porque não estudaram os assuntos que o exame testa. Praticamente todo aluno já passou pela experiência frustrante de se preparar para uma prova e não conseguir responder às questões porque os assuntos testados não foram os que estudou.

O tempo de preparo para o Enem é limitado e há muito a estudar. Assim, o aluno não se pode dar o luxo de estudar o que não é testado e deixar de estudar o que cai no exame.

Evidentemente, ninguém possui uma bola de cristal: nenhum curso ou professor consegue prever com precisão o que o Enem testará. Contudo, há certos assuntos que são testados ano após ano. Saber o que foi testado em exames passados ajuda a prognosticar o que cairá em provas futuras do Enem.

O sistema de estudos do Educabras.com visa a fazer isso: por meio de estudos estatísticas, identifica os assuntos mais testados pelo Enem. Com essas informações, o aluno que assina o Educabras.com pode dedicar seu tempo de estudo aos assuntos mais relevantes – os que provavelmente serão testados pelo Enem. Isso constitui uma forma mais eficaz e inteligente de se preparar para a prova, pois minimiza o risco de o aluno estudar assuntos de pouca relevância em vez de dedicar tempo e energia aos tópicos mais testados pelo Enem.

2. Adote uma rotina de estudos.
Uma estratégia eficaz de estudos significa saber como alocar o tempo. Mesmo que o aluno dedique meses de estudo ao preparo para o Enem, há muito a estudar, principalmente se o estudante almeja um desempenho excelente no exame. Para se preparar para o Enem, é necessário que o aluno adote uma rotina de estudos e a siga rigorosamente. Isso significa que o candidato deve estimar quantas horas por dia consegue estudar e decidir quanto tempo dedicar a cada matéria.

É importante ressaltar é necessário ser realista ao adotar uma rotina de estudos. Há um limite de quanto uma pessoa consegue estudar por dia. Por mais determinado que seja o aluno, é inegável que depois de um certo número de horas de estudo, o cérebro não consegue assimilar informações com tanta facilidade. Isso é um dos principais motivos por que não se deve postergar os estudos. É preferível estudar menos horas por dia ao longo dos meses do que estudar o dia inteiro durante poucas semanas. Além disso, preparar-se para o Enem ao longo dos meses é uma forma de minimizar a ansiedade e o stress que muitos alunos sentem durante essa fase da vida.

Há diversas rotinas de estudo: cabe ao aluno escolher a que prefere. Por exemplo, pode iniciar os estudos diários com os assuntos que considera difíceis. Assim, terá mais energia, tanto física como mental, para conseguir compreendê-los. Outra rotina de estudos é iniciar os estudos com os assuntos mais fáceis para “aquecer” o cérebro.

Há alunos que preferem estudar de manhã e outros, à tarde ou à noite. A programação de estudos depende da escolha pessoal do aluno. Não há uma fórmula ideal.

3. Aprenda a administrar o tempo da prova.
O Enem é uma prova longa. É constituída por questões longas. Para que o aluno tenha um ótimo desempenho na prova, não basta saber responder às questões corretamente. É necessário também responder a elas dentro do limite de tempo. Se o candidato levar muito tempo para responder a algumas questões, terá pouco tempo para responder às outras. Portanto, é imprescindível que os estudantes saibam administrar o tempo de prova. Por ser uma prova com questões mais longas do que as da grande maioria dos exames vestibulares, o Enem testa não apenas conhecimento, mas também a agilidade do aluno em responder a questões. É necessário, portanto, que ele aprenda a ler textos e a resolver problemas matemáticos com rapidez. Isso requer preparo: estudo e prática.

Este blog constitui a primeira parte do artigo: Dicas para aumentar sua nota no Enem. As outras partes do artigo serão publicadas pelo Educabras.com ao longo dos meses.

Os comentários não representam a opinião do EducaBras.


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/educabras/public_html/blog/wp-content/themes/educabras/functions.php on line 1114