Deficiência Física na Escola

Publicado em 02 de abril de 2019

Deficiência Física na EscolaUm desafio enfrentado por muitos colégios no Brasil é conseguir atender às necessidades de alunos que possuam alguma deficiência física. Por exemplo, é fundamental que a acessibilidade na escola seja adequada para todos os alunos que sofram de alguma deficiência física, principalmente se estes encontram dificuldades em se locomover.  Um desafio enfrentado por muitos colégios no Brasil é conseguir atender às necessidades de alunos que possuam alguma deficiência física. Por exemplo, é fundamental que a acessibilidade na escola seja adequada para todos os alunos que sofram de alguma deficiência física, principalmente se estes encontram dificuldades em se locomover.

Alunos que sofrem de deficiências físicas são aqueles que necessitam de ajuda para se locomover. Utilizam uma cadeira de rodas, uma bengala, um andador, uma muleta ou algum aparelho ortopédico.

Vale lembrar que para alunos que sofrem de alguma deficiência física, a habilidade de desempenhar atividades físicas e de se locomover pode ser prejudicada por uma série de fatores – alguns deles temporários ou intermitentes e outros, permanentes. O grau de deficiência física varia muito. Alguns casos são muito graves e requerem um enorme empenho do colégio para se adequar a tais alunos.

Antes de mais nada, é importante ressaltar que estudantes que sofrem de alguma deficiência física não são intelectualmente diferentes do restante dos alunos. Contudo, muitos deles enfrentam diversas dificuldades que podem prejudicar o aprendizado. Por exemplo, tempo e energia gastos para se locomover, especialmente se a acessibilidade na escola não é ideal. Para alguns alunos com deficiência física, locomover-se de um lugar para outro no colégio requer muito esforço e pode ser extremamente cansativo. A exaustão física causada pela dificuldade em se locomover pela escola pode gerar cansaço mental e prejudicar o aluno academicamente.

Estas são algumas medidas que colégios e educadores podem implementar para ajudar estudantes com deficiências físicas:

1. É fundamental que todo professor tome as medidas necessárias para garantir que todos os alunos com deficiência física tenham acesso a todas as partes da sala de aula. Por exemplo, deve ser mantido amplo espaço entre as mesas dos alunos para facilitar o acesso a estudantes que tenham alguma dificuldade em se locomover.

2. O professor deve pedir para que alguns alunos se voluntariem a ajudar qualquer colega que sofra de alguma deficiência física. Muitos alunos ficam felizes em ter a oportunidade de fazer o bem e ajudar outros estudantes.

3. É imprescindível que o professor nunca se esqueça de que a fadiga é um problema comum para alunos que sofram de deficiências físicas. Para tais estudantes, as tarefas do cotidiano – e até mesmo se locomover de um local na escola para outro – podem ser extremamente cansativas.

4. É importante que o educador incentive os alunos com deficiência de mobilidade a não deixarem de participar de qualquer atividade de sala de aula. Caso contrário, tais estudantes podem ser sentir alienados e rejeitados. Em muitos casos, tais sentimentos prejudicam o aprendizado e até mesmo levam ao isolamento e à depressão.

5. Ao planejar atividades de sala de aula, o professor deve incentivar jovens com deficiências físicas a otimizar suas habilidades intelectuais e a realizar tarefas apesar de suas limitações físicas.

6. Cabe ao professor transmitir a todos os alunos que é necessário que todos eles, sem exceção, sejam atenciosos com colegas que sofrem de alguma deficiência física.

É natural que um aluno que sofra de alguma deficiência física se sinta frustrado pelo fato de não conseguir fazer tudo que os colegas conseguem fazer. Portanto, é fundamental que o colégio tenha professores ou psicólogos à disposição para ajudar tais alunos a lidar com qualquer sentimento de frustração ou angústia. Esse tipo de ajuda psicológica é de importância fundamental e deve ser algo contínuo. O colégio não deve medir esforços para atender às necessidades de todos os alunos que sofram de alguma deficiência física. É fundamental evitar que problemas físicos prejudiquem o desempenho acadêmico e intelectual de tais alunos.

Fonte da imagem: ILANA PANICH-LINSMAN/KUT – https://www.kut.org/post/austin-students-spend-day-wheelchair-raise-money-school-accessibility-update

O Portal Mais Completo para Alunos e Professores!

ASSINE O EDUCABRAS

Posts Relacionados

Os comentários não representam a opinião do EducaBras.


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/educabras/public_html/blog/wp-content/themes/educabras/functions.php on line 1116