O Gênero Narrativo – Parte 3 – Tipos de Textos Narrativos

Os textos narrativos podem ser literários ou não. No texto literário, é a função poética da linguagem que predomina. No texto não literário, sobressai a função referencial da linguagem: tem-se em vista a necessidade de uma informação mais objetiva e direta no processo de documentação e explicação da realidade.

Alguns exemplos de textos narrativos não literários são as notícias e os casos contados.

Narrativas em Prosa

Entre os textos narrativos em prosa, distinguem-se as seguintes modalidades: o romance, o conto, a novela e a crônica. Cada uma dessas modalidades possui suas características próprias e subdivisões. Por exemplo, há o romance histórico, psicológico, policial, etc. Há o conto de fadas e o filosófico, etc. Há a crônica humorística, a jornalística, etc.

Romance

O romance é caracterizado pela complexidade narrativa. Em um mesmo conjunto, há uma série de unidades de ação, isto é, de núcleos dramáticos. As personagens, que formam grupos mais ou menos independentes uns dos outros, se ligam por um elemento comum. Este é suficientemente importante na trama para causar com que haja certa interdependência entre esses grupos. Os acontecimentos de um grupo influenciam as ações dos personagens de outro grupo.

No romance, as noções de tempo e espaço são amplas. A narrativa pode ocorrer em um período de tempo largo e em lugares diferentes. Em geral, o romance segue uma narrativa cronológica: obedece a certa linearidade. Contudo, ao longo do século XIX, surgiu uma nova noção de tempo – o psicológico. Este independe dos acontecimentos exteriores ao ser humano.

Novela

A novela é uma narrativa mais condensada que o romance. Isso significa que há na novela um menor número de núcleos dramáticos importantes. Assim, o número de personagens costuma ser menor do que em um romance. As ações fundamentais são reduzidas à sua essência: não costuma haver aprofundamentos analíticos dessas ações. Na novela, predomina o recurso ao diálogo graças ao interesse no registro direto das atitudes e dos pensamentos das personagens.

Diferentemente do conto, a novela possui várias células dramáticas: os conflitos se relacionam. Na novela, o jogo das ações não é ambíguo: todo gesto possui significado. Enquanto o romance procura enfatizar a diversidade, a novela a minimiza. No romance há simultaneidade e na novela, sucessão dramática.

Em relação ao romance, o alcance temporal da novela é reduzido. Isso significa que a vida do personagem é abordada em momento restrito: seu passado é referido rapidamente. Ao mesmo tempo, o espaço é limitado: as ações costumam transcorrer em ambientes determinados e raramente saem deles.

Vale ressaltar que as distinções entre a novela e o romance podem ser tênues. Isso gera polêmica. Muitos autores já não se preocupam com esse tipo de classificação para suas obras.

Fábula

A fábula é uma narrativa breve. As personagens são animais que representam os seres humanos: emprega-se a personificação. A finalidade de uma fábula é transmitir uma lição mora.

Sumário

- Narrativas em Prosa
- Romance
- Novela
- Fábula
- Conto
- Crônica
- Narrativas em verso
- As cantigas de roda
- A epopeia
Assine login Questões a responder image Questões dissertativas image Questões para o Enem image