Nesta aula iniciaremos o estudo da luz, estudo este que é chamado de óptica. Mais adiante, no estudo das ondas, falaremos da natureza da luz.

Luz

A luz pode ser encarada como uma forma de energia radiante, que se propaga através de ondas eletromagnéticas, capaz de sensibilizar os nossos órgãos da visão.

Devido ao seu caráter ondulatório, se propaga no vácuo com velocidade de 3,0 . 108 m/s.

Raio de Luz

É uma linha orientada que representa geometricamente a luz.

Pincel de Luz

É um conjunto de raios de luz.

  pincel cilíndrico

Fontes de Luz

Dependendo das dimensões podemos considerar uma fonte de luz como puntiforme (ponto luminoso) ou extensa (conjunto de pontos luminosos).

Um objeto, para ser visto, precisa emitir luz. Se a luz emitida for gerada por ele mesmo, o chamaremos de fonte primária de luz ou corpo luminoso. Se a luz emitida for gerada por outras fontes, o chamaremos de fonte secundária de luz ou corpo iluminado (luz refletida).

Meios de Propagação

Há meios que não permitem a propagação da luz; são chamados de opacos.

Há meios onde a luz segue trajetórias irregulares não permitindo que a visão dos objetos seja nítida; são os meios translúcidos.

Porém, há meios onde a luz se propaga seguindo trajetórias regulares, permitindo uma visão nítida dos objetos; são os meios transparentes.

Um meio, cujas características físicas (pressão, densidade, temperatura etc.) são as mesmas em todos os pontos, é chamado de homogêneo.

PRINCÍPIOS DA ÓPTICA GEOMÉTRICA

Princípio da propagação retilínea

Em meios homogêneos e transparentes a luz se propaga em linha reta.

Princípio da independência de propagação

A propagação de um pincel ou de um raio de luz não interfere na propagação de outro, mesmo que haja cruzamento entre eles.

Princípio da reversibilidade da propagação

A trajetória descrita por um raio de luz independe do sentido de propagação. Quando um raio de luz segue um percurso ele pode fazer o percurso inverso.

PONTO OBJETO E PONTO IMAGEM

Os raios de luz provenientes de uma fonte de luz podem atingir um espelho, uma lente, um prisma ou uma fronteira que separa dois meios distintos. Esses elementos citados são chamados de sistemas ópticos e qualquer fonte de luz é chamada de objeto. A luz que sai dos sistemas ópticos forma a imagem do objeto.

Ponto Objeto: ponto de intersecção das direções dos raios que chegam num sistema óptico.

Ponto Imagem: ponto de intersecção das direções dos raios que saem de um sistema óptico.

REFLEXÃO DA LUZ

Quando a luz incide sobre um corpo metálico bastante liso, ocorre a reflexão regular. Isto significa que um feixe de raios paralelos reflete-se de modo que os raios refletidos são também paralelos.

Quando a superfície de separação dos dois meios for áspera, ocorre a chamada reflexão difusa. Isto significa que se um feixe de raios paralelos incide na superfície, os raios refletidos não serão paralelos mas se espalharão em todas as direções.

  • Aulas relacionadas

Sumário

- Luz
i. Raio de Luz
ii. Pincel de Luz
iii. Meios de Propagação
iv. Princípios da Óptica Geométrica
- Ponto Objeto e Ponto Imagem
- Reflexão de luz
i. Cor de um corpo
ii. Sombra e Penumbra
iii. Eclípses
Assine login Questões a responder image Questões dissertativas image Questões para o Enem image