Bioquímica: as proteínas e os aminoácidos

Bioquímica: as proteínas e os aminoácidos

As proteínas são os principais constituintes estruturais das células: são vitais e estão presentes em todas as células vivas. Elas formam as fibras dos tecidos, aceleram as reações químicas celulares (enzimas) e funcionam como elementos de defesa (anticorpos) do corpo. As proteínas estão presentes em: pele, cabelo, cartilagem, músculos, tendões, hormônios, hemoglobina, mioglobina, etc.

As proteínas têm papel fundamental na dieta de animais. Os seres humanos podem ficar muito doentes se não ingerirem proteína em quantidade suficiente. A deficiência proteica – causada pela escassez de proteínas e, portanto, de aminoácidos essenciais – causa lesões físicas e mentais.

Os Aminoácidos

As proteínas são macromoléculas orgânicas formadas pela junção de muitos aminoácidos. Os aminoácidos são os monômeros que constituem as proteínas (polímeros). Qualquer aminoácido contém um grupo carboxila (-COOH), que é ácido, e um grupo amina (-NH2), que é básico.

A fórmula geral de um aminoácido está representada abaixo:

A ligação química entre dois aminoácidos chama-se ligação peptídica, e acontece sempre entre o C do radical ácido de um aminoácido e o N do radical amina do outro aminoácido.

Quando a ligação ocorre entre dois aminoácidos, chamamos a molécula formada de dipeptídeo. Quando ocorre com três aminoácidos, chamamos de tripeptídeo. Acima de quatro aminoácidos, a molécula é chamada de polipeptídeo. As proteínas são sempre polipeptídeos (costumam ter acima de 80 aminoácidos).

Exemplo

Glicina e alanina podem se ligar por meio da eliminação da molécula de água para produzir um dipeptídeo. Essa ligação pode ser feita de duas maneiras diferentes, resultando, portanto, em dois dipeptídeos diferentes. 

 

ou

Existem vinte tipos diferentes de aminoácidos que fazem parte das proteínas. Estes são denominados aminoácidos naturais. Um mesmo aminoácido pode aparecer várias vezes na mesma molécula.

Parte desses aminoácidos são essenciais (precisam ser obtidos da alimentação), a partir dos quais o organismo pode sintetizar todos os demais (aminoácidos naturais).

Aminoácidos
essenciais

Aminoácidos
não essenciais

Nome

Fórmula

Nome

Fórmula

Histidina (His)

Alanina (Ala)

Isoleucina (Iso)

Arginina (Arg)

Leucina (Leu)

Asparagina (Asn)

Lisina (Lis)

Ácido aspártico (Asp)

Metionina (Met)

Cisteína (Cis)

Fenilalanina (Fen)

Ácido glutâmico (Glu)

Treonina (Tre)

Glicina (Gli)

Triptofano (Tri)

Glutamina (Gln)

Valina (Val)

 


 

 

Prolina (Pro)

Serina (Ser)

   

Tirosina (Tir)

   

Todos os aminoácidos naturais apresentam o grupo amina em posição . Com exceção da glicina, são todos opticamente ativos.

O que diferencia um aminoácido de outro é o radical R.

Sumário

- Os Aminoácidos
- Reações dos Aminoácidos
- As Proteínas
i. Estrutura das Proteínas
ii. Enzimas
Assine login Questões para o Enem image