Coesão, Coerência e Intertextualidade

Coesão

Coesão significa ligação: a ligação entre palavras, orações e partes de um texto. Um texto com boa coesão significa um texto bem armado: as partes que o compõem estão unidas. A falta de coesão gera falta de clareza e de coerência. Um texto em que a coesão não é bem-feita pode resultar em ambiguidades.

Os marcadores de coesão

Coesão por anáfora

Pronomes, advérbios e numerais que recuperam um termo – palavra, frase ou parágrafo. São chamados de anafóricos.

Exemplo 1

Os acionistas não estão satisfeitos com o presidente da empresa, que deve renunciar até o final desta semana.

O relativo “que” é um anafórico: recupera o antecedente “presidente da empresa”.

Exemplo 2

O presidente dos Estados Unidos se reuniu com o Primeiro-Ministro da Grã-Bretanha para discutir como enfrentar o terrorismo internacional. Depois disso, declararam guerra contra o Afeganistão.

O anafórico “isso” retoma o período anterior: o fato de ambos os líderes se reunirem para discutir como enfrentar o terrorismo internacional.

Exemplo 3

Estados Unidos e Venezuela romperam relações diplomáticas. Os dois podem entrar em guerra.

O anafórico “dois” recupera tanto “Estados Unidos” como “Venezuela”.

Coesão por catáfora

Trata-se de pronomes, advérbios e numerais que, em vez de retomar, projetam um elemento que ainda aparecerá.

Por exemplo

Só desejo isto: que você sempre se lembre de mim.

Nesse exemplo, o pronome “isto” exerce função catafórica, pois se refere a algo mencionado posteriormente.

Coesão por sinonímia

Ocorre por meio de sinônimos e expressões sinônimas. Hiperonímia ocorre quando o conjunto substitui a parte. Hiponímia ocorre quando a parte substitui o conjunto.

Por exemplo

O principal desafio do mundo hoje é a luta contra o terrorismo, que é uma forma de ação política que emprega violência. Terroristas são pessoas que utilizam métodos violentos e cometem barbáries para ameaçar e aterrorizar a população de um país. Os terroristas empregam violência por motivos políticos ou religiosos. Há muitos países ao redor do mundo que abrigam terroristas. É extremamente difícil lutar contra terroristas, pois eles se escondem entre civis, indivíduos não militares.  

Nesse texto, há palavras e expressões que estão em relação sinonímica:

Principal desafio: a luta contra o terrorismo: uma forma de ação política que emprega violência.

Terroristas: pessoas que utilizam métodos violentos para ameaçar e aterrorizar.

Civis: indivíduos não militares

A coesão por sinonímia permite não apenas estabelecer relações entre as partes e o texto, mas também, obter informações sobre os elementos envolvidos. O texto acima afirma que o principal desafio de hoje é o terrorismo: terroristas empregam métodos violentos e se escondem entre civis. 

Eis um exemplo de hiperônimo:

Osama bin Laden está morto; os Estados Unidos não mais se preocupam com esse terrorista perigosíssimo.

No exemplo acima, “terrorista” é hiperônimo de “Osama bin Laden”. O termo “perigosíssimo” expressa um julgamento sobre o terrorista. Assim, além de informar, a coesão por sinonímia permite ao enunciador emitir sua opinião sobre as pessoas ou os fatos mencionados.