Os assuntos que mais caem no Enem

Publicado em 19 de junho de 2020 Autor:

Este blog é voltado para todas as pessoas interessadas em prestar o Enem – Exame Nacional do Ensino Médio. A plataforma de estudos Educabras –www.educabras.com – oferece um programa de estudos que revela os assuntos que mais caem no Enem e prepara alunos para prestar esse exame.

O Enem é constituído por 180 questões e uma redação. Os candidatos têm, em média, três minutos para resolver cada questão e aproximadamente uma hora para escrever a redação. O exame ocorre durante dois dias. As questões estão divididas em quatro áreas de conhecimento; cada uma delas contém 45 questões. As quatro áreas de conhecimento são: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação; e Matemática e suas Tecnologias.

A plataforma de estudos Educabras – www.educabras.com – identifica e revela para o assinante os assuntos que mais caem no Enem, ou seja, os assuntos que provavelmente serão testados no próximo Exame Nacional do Ensino Médio. Assim, o aluno poderá dedicar seu tempo de estudo aos assuntos mais relevantes em vez de passar horas estudando tópicos que a prova raramente ou nunca testa. Em outras palavras, o Educabras indica ao assinante o que estudar para o Enem e o prepara para esse exame. Assim, o Educabras constitui uma solução inovadora e eficaz de preparo para o Enem.

Por meio de análises e estudos estatísticos, o Educabras identificou os assuntos que mais caem no Enem. Essas informações são disponibilizadas para nossos assinantes.

Destacamos abaixo alguns dos assuntos que mais caem no Enem. Vale ressaltar que além das matérias identificadas abaixo, o Enem testa Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História, Sociologia, Filosofia e Arte. Ademais, é necessário que o candidato escreva uma redação.

Estes são alguns assuntos que o Enem testou com frequência ao longo dos anos:

Biologia: Meio Ambiente e Poluição; Ecologia – Ecossistemas; Imunização; DNA e RNA; Viroses;

Física: Quantidade de Movimento; Dilatação Linear; Calor Específico e Trocas de Calor; Lei de Coulomb;

Geografia: Globalização; Distribuição de Renda, Emprego e Desemprego no Brasil; Estrutura Fundiária do Brasil – Reforma Agrária; Meio Ambiente; Poluição da Água – Conservação dos Solos;

Matemática: Grandezas Proporcionais – Porcentagem; Aritmética; Tipos de Função – Classificação das Funções; Geometria Espacial; Raciocínio Matemático;

Química: Ligação Iônica; Ácidos – Funções Inorgânicas; Forças Intermoleculares; Termoquímica – Reações Endotérmicas e Exotérmicas; Eletroquímica.

Além de identificar e revelar ao assinante os assuntos que mais caem no Enem, o Educabras os classifica por ordem de importância: Muito Importante; Importante; Relevante; ou Conteúdo Complementar. Assim, o Educabras identifica e revela não apenas quais assuntos estudar para o Enem, mas também o grau de importância de cada um deles.

É fundamental ressaltar que o Educabras não prevê o futuro, mas, por meio de estudos estatísticos e análise dos resultados, consegue identificar os tópicos exigidos com frequência pelo Enem. O que esse exame costuma testar ano após ano é o que provavelmente testará em outros. De fato, o Educabras tem se provado extremamente eficaz em prognosticar os assuntos que mais caem no Enem. Assim, o Educabras visa a oferecer uma solução extremamente eficaz para quem está se preparando para esse exame.

Conteúdo Didático, Ferramentas e Provas do Enem

Além das aulas que constituem o programa de estudos para o Enem, o assinante tem acesso a todas as áreas, matérias e aulas disponíveis para alunos que assinam o Educabras. Assim, o assinante não fica limitado às aulas que constituem o programa de estudos para o Enem e pode se preparar para o Vestibular de faculdades que ainda aplicam seu próprio exame.

O Educabras disponibiliza para todos seus assinantes um vasto conteúdo educacional – centenas de aulas em formato texto – voltado para o Enem, o Vestibular e o Ensino Médio. Além disso, toda aula do Educabras – com raríssimas exceções – está associada a um acervo de videoaulas recomendadas. É fundamental ressaltar que esses vídeos não foram desenvolvidos pelo Educabras e estão sendo compartilhados pelo fato de serem disponibilizados gratuitamente. (O valor das assinaturas do Educabras não inclui os vídeos disponibilizados. Isto é, não houve acréscimo no valor das assinaturas desde a introdução das videoaulas). Essas videoaulas, disponíveis para os assinantes, foram meticulosamente escolhidas pelos professores e editores de conteúdo do Educabras. Vale ressaltar, porém, que recomendamos que os alunos estudem as aulas em formato texto e respondam às questões da aula. Não basta assistir às videoaulas. Estudos realizados nos Estados Unidos demonstram que a forma de aprendizagem mais eficaz é estudar por meio de textos. O Educabras visa a oferecer uma solução completa para os alunos. Contudo, é importante enfatizar que cabe ao aluno ser proativo: estudar as aulas em formato texto, responder às questões associadas a cada uma delas e fazer simulados e provas.

Além de seu vasto conteúdo didático, o Educabras oferece ferramentas de grande utilidade aos assinantes. Uma estratégia muito eficaz a fim de se preparar para uma prova consiste em simulá-la: por exemplo, responder a questões que caíram em exames que o aluno pretende prestar. O assinante do Educabras tem acesso online às provas do Enem aplicadas no passado. São corrigidas automaticamente e armazenadas na assinatura do aluno.

A área de Provas do Enem, assim como a de Simulados, oferece várias funcionalidades que auxiliam o aluno nos estudos. Por exemplo, o aluno pode pausar uma prova e retornar a ela quando desejar. Todas as provas são cronometradas. Assim, o assinante pode fazer uma simulação dos dias do Enem: o sistema de Provas do Enem informa quantas e quais questões acertou ou errou, bem como quanto tempo demorou para concluí-la.

Uma importante funcionalidade das Provas do Enem é a seguinte: o sistema do Educabras indica as aulas relacionadas às questões que o assinante errou. Assim, o sistema não se limita a corrigir as provas, mas identifica os assuntos que necessitam de estudo ou revisão. Além disso, as provas são armazenadas. Dessa forma, o assinante pode consultá-las e avaliar o progresso alcançado ao longo dos estudos.

O Portal Mais Completo para Alunos e Professores!

ASSINE O EDUCABRAS

Posts Relacionados

Os comentários não representam a opinião do EducaBras.