Como fazer uma boa redação

Publicado em 28 de agosto de 2018

Como fazer uma boa redação
O Enem – o Exame Nacional do Ensino Médio – e a maioria dos exames vestibulares exigem que o candidato escreva uma redação. Com raríssimas exceções, o tipo de redação exigido é o dissertativo.

Este blog oferece diretrizes de como fazer uma boa redação. É fundamental que o aluno saiba o que constitui uma boa redação dissertativa e que evite cometer erros comuns que caracterizam um texto mal escrito.

1. Redija em terceira pessoa.
Não converse com o leitor. Não redija em segunda pessoa. Uma redação dissertativa deve ser escrita em terceira pessoa.

2. Encontre um título chamativo para a redação.
É fundamental que o título seja chamativo e coerente com o tema da redação. O título deve ficar centralizado na folha e separado por uma linha. Uma redação que não contenha título pode ser muito penalizada pela banca examinadora.

3. Ao defender um ponto de vista, é aconselhável citar dados, estatísticas e pesquisas.
Citar dados e estatísticas constitui um meio de demonstrar que o emissor conhece o assunto. Ao mesmo tempo, informa o leitor. Contudo, é imprescindível que os fatos e dados sejam corretos e verídicos. O autor nunca deve inventar ou exagerar dados, fatos ou estatísticas.

4. Cite apenas autoridades respeitadas pelos leitores.
Citar uma autoridade respeitada pelo público é um recurso que torna o texto mais persuasivo. Vale ressaltar, porém, que a autoridade precisa ser um perito ou alguém conhecido e respeitado pelo público.

5. Os argumentos precisam ser bem explicados.
Todo argumento da redação precisa ser explicado de maneira completa e coerente. Ademais, os argumentos precisam ser agrupados sistematicamente.

6. A redação não deve conter clichês.
A redação não deve conter clichês ou ditos populares. Também deve-se evitar estruturas já desgastadas pelo uso repetitivo. Por exemplo: “Atualmente, um assunto bastante discutido é”.

7. Escreva com palavras simples.
Evite ser prolixo ou usar palavras muito difíceis. É possível escrever um texto elegante, persuasivo e consistente com palavras simples. É importante lembrar que a prova de redação do Enem e dos exames vestibulares não mede talento literário.

8. Não apele às emoções.
Não se lamente ao discutir o tema proposto. Um texto dissertativo, principalmente quando constitui a prova de redação do Enem ou do Vestibular, não é um fórum para o emissor expressar sentimentos, emoções ou crenças pessoais. O objetivo desse tipo de texto é defender um ponto de vista por meio de argumentos inteligentes e coerentes.

9. Não adote posições radicais.
É recomendável não adotar posições radicais, principalmente se há a possibilidade de serem ofensivas ao leitor. A banca examinadora deve ser imparcial, mas a realidade é que é extremamente difícil ser completamente objetivo ao julgar a qualidade de um texto. Portanto, esteja ciente que defender posições ou opiniões extremamente impopulares pode afetar sua nota na redação.

10. Coerência é essencial.
Todo texto dissertativo precisa ser coerente. Constitui grave erro desenvolver um assunto diferente do mencionado na introdução da redação.

11. Tome cuidado para não destruir a própria tese da redação.
Nunca escolha argumentos que não têm relação evidente e direta com a tese da redação. O autor também deve tomar cuidado para não utilizar argumentos que contrariem o ponto de vista que o texto defende, a menos que consiga refutá-los de forma convincente.
Um erro comum é inserir no texto um argumento contrário e não o refutar de forma convincente. Em certos casos, a antítese mencionada pelo emissor é melhor do que a tese, o que acaba destruindo-a.

Exemplificando: O tema da redação é a descriminalização das drogas no Brasil. O emissor decide que defenderá a posição a favor da descriminalização. Ele pode apresentar posições favoráveis e contrárias – teses e antíteses. Contudo, ele deve tomar cuidado para que as posições contrárias não sejam mais convincentes e mais bem argumentadas que as favoráveis.

12. Não conclua a redação com um slogan.
Não conclua o texto com um slogan. Por exemplo: “A esperança é a última que morre”. Também não se deve apelar para uma solução utópica. Exemplificando: “Esse problema será resolvido no dia em que os seres humanos aprenderem a conviver em paz”.
Uma possibilidade de encerramento é propor uma solução para o problema discutido no texto. Contudo, é importante que o autor não apresente uma solução ingênua, simplista ou inviável. Vale lembrar que a questão proposta em uma dissertação costuma ser complexa. Portanto, a solução não pode ser evidente ou simples: sempre envolve mais de um ponto de vista e sempre há argumentos em vários sentidos que devem ser considerados. Se o autor fechar a redação com uma solução simplista, ingênua ou absurda, comprometerá a coerência do texto e a legitimidade de sua argumentação.
Muitos escritores encontram dificuldades em encerrar o texto. Recomendamos que ele feche a redação com uma frase objetiva e forte, que estimule a reflexão do leitor.

13. A conclusão da redação não pode ser redundante.
Não feche a redação com uma conclusão redundante, que nada agrega ao texto. Também não se deve concluir o texto ao propor uma solução mágica ou irrealista.

14. Não desenvolva argumentos na conclusão da redação.
Um erro comum é citar argumentos na conclusão da redação e não os desenvolver. Vale lembrar que o objetivo da conclusão é a retomada das ideias do texto, ou seja, a reafirmação da tese em outras palavras. Deve-se encerrar o texto dissertativo com uma frase forte e objetiva.

Saber escrever textos dissertativos é uma necessidade para estudantes que pretendem fazer o curso superior. Vivemos em um mundo cercado de informações. A capacidade de organizar as ideias por escrito é fundamental para muitas profissões. Além disso, constitui um sinal de preparo intelectual daquele que pretende ingressa no ensino superior. Portanto, saber escrever um texto dissertativo é de importância fundamental para todos os alunos.

Muitos estudantes buscam saber como fazer uma boa redação. A realidade é que não basta aprender técnicas de redação para escrever um bom texto dissertativo. Para escrever bem, é necessário ler bastante, adquirir informações e aprender a refletir sobre ideias. Contudo, nosso objetivo nesse blog é transmitir aos leitores certas dicas para que no dia da prova, eles não cometam erros comuns ao elaborar um texto dissertativo.

O Portal Mais Completo para Alunos e Professores!

ASSINE O EDUCABRAS

Posts Relacionados

Os comentários não representam a opinião do EducaBras.


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/educabras/public_html/blog/wp-content/themes/educabras/functions.php on line 1116